• comercioenoticias

UNIÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS PROMOVE FORMAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS PARA REABERTURA DAS CRECHES


Para assegurar um regresso seguro, a UMP disponibilizou às Misericórdias um guia com as normas orientadoras, promoveu formações online com mais de 500 profissionais de creches e desenvolveu tutoriais com as medidas de segurança que devem ser cumpridas nas diferentes rotinas destes equipamentos de apoio às crianças

Para apoiar as Misericórdias de todo o país no processo de reabertura das creches, previsto para hoje, dia 18 de maio, a União das Misericórdias Portuguesas (UMP), disponibilizou um Guia com as normas orientadoras, de acordo com as indicações da Direção-Geral de Saúde, e promoveu ações de formação online, que envolveram a participação de mais de 500 profissionais dos equipamentos de infância das Santas Casas.

A UMP assegurou ainda a distribuição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para permitir um regresso seguro na nova normalidade das cerca de 295 creches das Misericórdias, que abrangem 15 mil crianças em todo o país.


PUB.


Depois de garantir a testagem “urgente” de todos os funcionários das Misericórdias, o Presidente da UMP, com estas ações de formação, o Presidente da UMP, Manuel de Lemos, defendeu que “as Misericórdias são instituições que celebram a vida, e como tal, com essa cautela, e com esse rigor, vamos retomar a nossa atividade de forma gradual e progressiva nas creches e com toda a confiança”.

A UMP preparou, ainda, sete tutoriais em vídeo (disponíveis na página de Youtube da UMP), com simulações realizadas na Misericórdia de Albufeira, que exemplificam medidas que devem ser cumpridas no contacto com as famílias das crianças e fornecedores, na receção e entrega das crianças, na alimentação, na hora da sesta, nos cuidados de higiene, como a mudança de fralda, na sala de isolamento e os procedimentos gerais para os colaboradores.


PUB.


31 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/29/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias