Periodicidade: Diária

11/29/2022

  • comercioenoticias

TRIBUNAL DEIXA EM LIBERDADE HOMEM QUE ABUSOU SEXUALMENTE DA PRÓPRIA FILHA

Atualizado: 6 de abr.


O Ministério Público apresentou esta quarta-feira, 2 de março, a primeiro interrogatório judicial, um homem com 34 anos de idade, indiciado da prática de um crime de abuso sexual de criança agravado e de três crimes de abuso sexual de menor dependente agravados.

O Tribunal considerou fortemente indiciado que o arguido praticou atos sexuais de relevo sobre a sua filha menor, atualmente com 14 anos, aproveitando-se da proximidade e do ascendente que tinha em relação à mesma.

Os factos ocorreram em 2017 e 2018, e em novembro de 2021 e fevereiro de 2022, no concelho de Leiria, começando os abusos numa altura em que a criança tinha 10 anos.


PUB.


O Juiz de Instrução Criminal determinou que o arguido aguardasse os ulteriores termos do processo sujeito às medidas de coação de proibição de contactar, por qualquer meio, com a menor e de permanecer, deslocar-se e frequentar a residência da mesma, ou quaisquer outros locais onde se encontre ou se presume que se encontre.

Previamente à realização do primeiro interrogatório judicial, a menor foi ouvida em declarações para memória futura.

A investigação é dirigida pela 1.ª Secção do Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria, com a coadjuvação da Polícia Judiciária – Departamento de Investigação Criminal de Leiria.


PUB.


382 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
telefonesuteis.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
bannered.png
314012987_493269782858541_8091892627052110800_n.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg