• comercioenoticias

TRABALHADOR DE AVIÁRIO NÃO RESISTIU AOS GRAVES FERIMENTOS PROVOCADOS POR UMA EXPLOSÃO


Celestino Rosa, de 54 anos de idade, não resistiu aos graves ferimentos provocados por uma explosão, ocorrida ao início da manhã de ontem, 1 de fevereiro, num aviário de codornizes, situado em Santa Susana, na freguesia do Landal, concelho de Caldas da Rainha.

A vítima foi assistida no local pelos bombeiros de Caldas da Rainha e por uma equipa médica da VMER do Centro Hospital do Oeste de Caldas da Rainha, sendo transportado de ambulância até ao campo de futebol de A-dos-Francos, local onde foi helitransportado por um helicóptero do INEM para o Hospital de São José, em Lisboa, unidade hospitalar onde viria a falecer na noite de ontem, devido às graves queimaduras sofridas.


PUB.


Na sequência da explosão deflagrou um incêndio que consumiu praticamente toda a estrutura do aviário, tendo estado envolvidos no combate às chamas mais de uma dezena de operacionais dos Bombeiros Voluntários de Caldas da Rainha.

O Comércio & Notícias apresenta à família enlutada as mais sentidas condolências.


PUB.


11,915 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom
Bicharada - Site
Bicharada - Site

press to zoom

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom
1/9
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
telefonesuteis.jpg

Periodicidade: Diária

9/17/2021

coronavirus.jpg
bannered.png
NOVO SANTA CASA - COVID.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg