• comercioenoticias

TORRES NOVAS: SARGENTO DA GNR SALVA NA A1 UM BEBÉ EM ASFIXIA


No passado dia 24 de outubro, por volta das 19h00 horas, na Autoestrada 1 (A1), sentido norte-sul, na zona de Torres Novas, uma patrulha do Destacamento de Trânsito do Comando Territorial de Santarém, prestou auxílio a um bebé com sinais de sufocamento.

Passado o enorme susto o pai do bebé fez um agradecimento ao Comando Territorial de Santarém: “Venho por este meio dar a conhecer a minha experiência pessoal para com o Sargento-ajudante Nelson Ribeiro do Destacamento de Trânsito de Santarém”, começou por escrever.

“No domingo, dia 24 de outubro de 2021, aquando da vinda de Coimbra para Sintra, por volta das 19:00 horas, na A1, sentido norte-sul, na zona de Torres Novas, o meu filho de 2 meses e meio começou a apresentar algumas dificuldades respiratórias e sinais de sufocamento por um vómito. De imediato a minha esposa e mãe do bebé, começou a realizar manobras de Heimlich sem sucesso. Devido à angústia e risco de morte do nosso filho por sufocamento, começámos a circular com aumento de velocidade para nos dirigirmos com urgência para uma unidade hospitalar”, conta.

Prosseguido, revela ainda: “No caminho, encontrámos uma patrulha de trânsito da GNR, comandada pelo Sargento-ajudante Nelson Ribeiro e, assim que a avistamos, pedimos de imediato ajuda e apoio. A patrulha mandou-nos encostar na berma para nossa segurança, eu saí do carro em pânico a pedir ajuda ao militar. Este, quando soube que se tratava de um sufocamento de recém-nascido, começou de imediato as manobras de Heimlich, começando o nosso filho a chorar e a melhorar a coloração”.


PUB.


O pai do bebé conta que “de imediato, o militar da GNR pediu para ficarmos calmos, por forma a tranquilizar-nos, informando que nos levaria em marcha de urgência ao hospital mais perto, o Hospital Distrital de Santarém. Seguidamente iniciámos a marcha de urgência atrás do veículo da GNR, com as luzes de emergência ligadas, para nos dirigirmos com a maior brevidade possível à unidade hospitalar. Aquando da chegada à unidade hospitalar, já tínhamos equipas de profissionais de saúde a aguardar e logo prestaram os primeiros cuidados médicos”.

A finalizar, os pais do menino deixam um especial agradecimento ao Sargento-ajudante Nelson Ribeiro do Comando Territorial de Santarém, “sem a ajuda dele o nosso filho já não estaria cá. Foi o nosso anjo. Sem a sua experiência e calma, o nosso filho não teria hipóteses de sobrevivência. Ficamos eternamente agradecido por ter salvo a vida do nosso filho e por nos ter ajudado a dirigir a uma unidade de saúde com celeridade e com segurança”.

A concluir deixou “os maiores sucessos profissionais e pessoais a todos estes profissionais que são uma mais-valia para toda a sociedade. Muito obrigado”.


PUB.


2,324 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7