• comercioenoticias

TOMAR: MÉDICO CONDENADO PELOS CRIMES DE PARTICIPAÇÃO ECONÓMICA EM NEGÓCIO E FALSIFICAÇÃO



Um homem de 63 anos, residente em Tomar, médico de profissão, foi condenado no passado dia 28 de maio pelo Juízo Local Criminal de Ourém, que deu provimento à acusação anteriormente deduzida pelo Ministério Público, por crimes de participação económica em negócio e falsificação.

Ao médico, que exerceu funções na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Urqueira, no concelho de Ourém, foram decretadas penas de 12 meses de prisão, substituída por 360 dias de multa à razão diária de €6,00, num total de €2.160,00 quanto ao primeiro crime e, pela prática de um crime de atestado falso,​ na pena de 140 dias de multa, à razão diária de €6,00 num total de €840,00.


PUB.


Foi ainda declarada perdida a favor do Estado a quantia de 60€, montante do ganho ilegítimo demonstrado, obtido pelo arguido em 2014.

A sentença ainda não transitou em julgado, estando em curso prazo para eventual recurso.


PUB.


142 visualizações

1/9

1/9

1/8

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

11/26/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias