• comercioenoticias

TIAGO PATRÍCIO É O NOVO DIRETOR TÉCNICO DA FOOTESCOLA DO NÚCLEO SPORTINGUISTA DE RIO MAIOR


A FOOTESCOLA do Núcleo Sportinguista de Rio Maior anunciou que Tiago Patrício, de 36 anos de idade, natural de Rio Maior, será na próxima época o Diretor Técnico para o Futebol neste clube de formação.

Após passagens pelo Caldas SC (2012-2013), NS Rio Maior (2013-2017) como Treinador, CD Águias Alpiarça (2017-2019) e AD Portomosense (2019-2020) enquanto Diretor/Coordenador Técnico e Treinador, o jovem riomaiorense Tiago Patrício volta assim a uma casa que já foi a sua.

“Estou muito contente por estar de volta à minha cidade e às minhas origens. Era algo que ambicionava, já tinha contactos há uns meses atrás, mas não senti que fosse o momento certo e a decisão certa para o meu futuro. Desta vez senti-me realmente desafiado e com tantas coisas a acontecer nas nossas vidas resolvi aceitar e lutar pelos interesses da FOOTESCOLA e levar o nome da minha cidade Rio Maior a todo o mundo”, salientou Tiago Patrício.

O atual Diretor Técnico referiu querer voltar a colocar o nome da FOOTESCOLA no panorama do futebol nacional e implementar um conjunto de ideias que foi concebendo ao longo do seu percurso académico e profissional.

Referindo os objetivos que o levaram a aceitar o desafio da FOOTESCOLA o técnico recorda com entusiasmo as amizades criadas com todos os jogadores do clube, a época 2014-2015 em que se sagrou campeão distrital de Iniciados enquanto Treinador-adjunto, a ligação que a FOOTESCOLA tem de criar com a ESDRM e com a formação de treinadores e com a manutenção de treinadores de valor no clube, as etapas do processos de desenvolvimento do jogador futebol, a ambição de ter uma equipa de futebol feminino no clube e de voltar aos nacionais a médio prazo, referindo que “não é um desafio fácil e demora tempo.”

“No entanto, o panorama atual dos clubes não é tarefa fácil, as pessoas que estão nos projetos não são trabalhadores do clube, fazem funções de enorme responsabilidade enquanto voluntários, procuram dar o seu melhor em prol dos clubes, mas com a sociedade atual cada vez é mais necessário ter recursos mais competentes para uma área tão competitiva como o futebol”, realça.


PUB.


Tiago Patrício defende ainda que “para o desenvolvimento do projeto tem de haver sinergias entre todos, autarquia, dirigentes, pais, treinadores e jogadores pois só assim voltaremos a conseguir colocar a FOOTESCOLA onde já esteve, o trabalho tem sido bem feito com a coordenação entre todos estes agentes de uma forma natural e estaremos próximos do sucesso de promover a prática desportiva para os nossos jovens, e levar a cidade de Rio Maior ao mundo”.

Abordando os clubes do distrito o atual Diretor abre um pouco o jogo destacando os recursos criados nas cidades de Santarém e Almeirim “foram criados 4/5 campos de apoio para os clubes de futebol, infraestruturas de qualidade, enquanto que na cidade de Rio Maior houve desinvestimento no apoio aos clubes de futebol, e uma estagnação do parque desportivo municipal que já tem mais de duas décadas”, refere o Diretor técnico que termina frisando: “Quando tens melhores condições tornaste mais atrativo a receber mais e melhores praticantes na cidade”.


PUB.


0 visualização

1/9

1/9

1/7

onde comer

1/6

Periodicidade: Diária

8/12/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias