• comercioenoticias

STSS NÃO ADERE À GREVE DA FUNÇÃO PÚBLICA


Estrutura sindical não considera o momento oportuno devido à necessidade de dar resposta ao surto de Coronavírus

Conscientes do período crítico que se atravessa derivado do surto de Coronavírus que provoca a doença Covid-19, o Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica (STSS) decidiu não aderir à greve da função pública, agendada para o próximo dia 20 de março.

Apesar dos motivos desta greve estarem completamente alinhados com as reivindicações do STSS, a estrutura sindical representativa dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica (TSDT), considera que dada a iminência de agravamento da propagação do vírus e, dado que a atuação destes profissionais é crucial no diagnóstico, e na continuidade do tratamento, aderir agora a esta greve, não seria responsável. Dada a imprevisibilidade do desenvolvimento da situação, os profissionais da saúde estão seriamente empenhados e são fundamentais no combate a esta epidemia.

O STSS refere que “embora solidários com esta greve, que tem mais do que razões para ser decretada, a estrutura sindical considera fundamental garantir intransigentemente uma resposta aos cidadãos pelo SNS”.

Para o Presidente do STSS, Luís Dupont, “há mais do que razões para estarmos solidários com esta greve, que tem mais do que motivos para ser decretada, porém, há um bem maior que temos sempre de ter em conta: A defesa intransigente da saúde dos cidadãos e da resposta do SNS. Os profissionais dão o seu melhor para dar resposta atempada às necessidades, principalmente numa altura crítica como a que vivemos. É fundamental garantir o rápido diagnóstico e acompanhar a terapêutica dos casos confirmados, mas também conseguir assegurar a avaliação de todos os casos suspeitos, que estão a surgir”.

A greve, agendada pela Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, exige entre outras matérias, aumentos salariais e a correção urgente da tabela remuneratória única. E, embora o STSS não tenha aderido à greve, pelas razões expostas, mantém-se solidário com as reivindicações de todos os Trabalhadores da Administração Pública.

0 visualização

1/8

1/9

1/4

1/7

1/7

onde comer

1/6

Periodicidade: Diária

7/2/2020

bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias