• comercioenoticias

SANTARÉM CULTURA APRESENTA TRÊS ESPETÁCULOS EM MARÇO


A programação para o mês de março, no Teatro Sá da Bandeira – TSB, em Santarém, inicia com o espetáculo de dança para famílias, “A Nova Bailarina”, de Aldara Bizarro, no próximo dia 7, sábado, às 16h00.

A Nova Bailarina é um espetáculo sobre a democracia que nos remete para o papel de cada um na sociedade e para a consciência cívica, abordando, através da dança, de uma forma não convencional, e com muito humor, questões éticas e de valores base de construção pessoal e social.

O público é assim convidado a pensar, escolher e decidir, através de questões que vão sendo colocadas pela bailarina, que age, como se o público nunca tivesse ouvido falar destas temáticas. Estes terão assim que tomar posições de cidadania, unindo-se, chegando a ter que se opor à Bailarina, que por vezes, não tem um comportamento nada democrático.

Na sequência do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela coreógrafa Aldara Bizarro, esta é uma peça em que a palavra está muito presente, sempre com o objetivo de reforçar a consciência da ligação entre o corpo e a mente, ligando o pensamento à dança, e potenciando uma nova forma de viver o lugar do corpo na sociedade.

Este espetáculo tem entrada gratuita e lotação limitada.

Na sexta-feira, dia 13 de março, às 21h30, sobe ao palco do TSB “Surma”. Surma é o nome artístico de Débora Umbelino, natural de Leiria e domina vários instrumentos, mas não é pelo nome com que veio ao mundo que o país a conhece. Surma nasceu há cerca de quatro anos. O projeto, em jeito de one woman band, já a fez percorrer a Europa e a América do Norte.

Sozinha em palco, rodeada de uma dúzia de instrumentos e com a sua voz, Surma inspira-se no silêncio para criar um universo próprio de canções que tanto bebem no jazz, na eletrónica e numa multiplicidade de influências para explorar caminhos nem sempre óbvios mas com uma identidade muito vincada com uma fonética própria e capaz de criar momentos únicos de viagem ao vivo, que tanto nos lembram ambientes de fjords nórdicos como de cidades cosmopolitas.

Em dois anos Surma tem também corrido o país desde pequenas salas a dezenas de festivais como o NOS Alive, o Vodafone Paredes de Coura, o Bons Sons, o Super Bock Super Rock e no ano passado o NOS Primavera Sound. Tem vários trabalhos e residências colaborativas, mantém-se, desde 2016, como solista convidada dos Concertos para Bebés e foi responsável pela banda sonora de "SNU" e concorrente e finalista da última edição do Festival da Canção. No final de 2019 lançou um EP, estreou-se em concertos no continente asiático e prepara o segundo disco de originais que será lançado este ano.

Os bilhetes para o concerto SURMA têm o custo de 7€, com descontos aplicáveis, e podem ser adquiridos no Teatro Sá da Bandeira, na Bol - Bilheteira Online (www.bol.pt) e nas Lojas Worten, Fnac e CTT.

No dia 21 de março, sábado, pelas 16h00, o TSB apresenta “Bianca Branca” de Leonor Keil, um projeto espetáculo de dança para a infância e famílias. Inspirado no conto “Bianca” de Fausto Gilberti. Branco é a cor preferida da Branca. Há quem diga que branco é uma cor sem ser cor. Numa empolgante e envolvente confissão Branca conta-nos os seus pequenos prazeres, sonhos, medos, desejos todos eles de cor branca. Quando menos esperamos podemos ser surpreendidos por um sentimento muito forte e de repente, o mundo fica de pernas para o ar. Mas muito mais humano e principalmente mais colorido.

O espetáculo “Bianca Branca” tem lotação limitada. Os bilhetes têm o custo de 2€ criança e 5€ adulto, com descontos aplicáveis, e estão à venda no Teatro Sá da Bandeira, na Bol - Bilheteira Online (www.bol.pt) e nas Lojas Worten, Fnac e CTT, com lotação limitada.

21 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/22/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias