• comercioenoticias

SANTARÉM: CASOS DE COVID-19 NA SONAE BAIXA DE 35 PARA 23


Fonte da Proteção Civil revelou que os casos de infetados com a Covid-19 na unidade que faz a preparação e embalamento de carnes para os supermercados do grupo Sonae, em Santarém, diminuiu, tendo passado de 35 para 23.

José Guilherme, coordenador da Comissão Municipal de Proteção Civil de Santarém, disse hoje à Lusa que, numa deslocação realizada ontem, 7 de maio, à unidade, juntamente com a Autoridade de Saúde, foi confirmado que o pico de casos (o primeiro dos quais confirmado em 31 de março) foi atingido em 22 de abril, com 35 pessoas infetadas, valor que baixou para as 23, não se tendo registado qualquer novo caso neste período.

Nessa reunião, foi feito um ponto de situação das medidas adotadas pela empresa, as quais incluíram, em reforço das que haviam sido já adotadas, a contratação de uma empresa certificada para analisar os filtros do sistema de ar condicionado, e de um laboratório, que analisou todas as bancadas onde é feito o desmanche e embalamento das carnes, bem como os cacifos e os balneários. “Todas deram negativo”, afirmou José Guilherme.

Também os resultados já conhecidos dos testes que começaram a ser realizados na segunda-feira a todos os trabalhadores desta unidade, que emprega mais de 500 pessoas, deram negativo, devendo o procedimento ser concluído no sábado, disse.

O também comandante dos Bombeiros Municipais de Santarém afirmou que foram dados a conhecer os controlos que estão a ser feitos dentro da unidade, bem como nos autocarros que transportam os trabalhadores, os quais passaram a ser em maior número e com limitação de dois terços da lotação máxima.

Por outro lado, foi garantido um compromisso junto das empresas de trabalho temporário que têm assegurado a colocação de trabalhadores, nomeadamente na substituição dos que estão em isolamento profilático e dos que se encontram de quarentena, quanto às condições de alojamento, no sentido que não possam permanecer mais do que cinco pessoas em cada habitação, disse. José Guilherme realçou a recetividade da empresa ao cumprimento de todas as recomendações, indo mesmo além do solicitado.


PUB.


No passado dia 29 de abril, a SOHI Meat Solutions, Distribuição de Carnes SA confirmou à Lusa a existência de “alguns casos confirmados e outros suspeitos de covid-19”, em isolamento profilático, e que, em ligação com a autoridade de saúde, tinham sido “também identificados os contactos próximos que foram igualmente colocados de quarentena”.

Na altura, a empresa afirmou ter “delineado um sólido plano de contingência, totalmente alinhado com as recomendações das autoridades de saúde e atestado pela Direção Geral da Saúde no sentido de garantir que o nível de risco de propagação entre colegas é de ‘muito baixo risco’”. “Mantemos a máxima confiança nos responsáveis de todas as equipas para levar a cabo o plano de contingência traçado pela Sonae MC e assim protegermos os nossos colaboradores e clientes”, declarou.

A unidade da SoHi Meat Solutions, Distribuição de Carnes SA, instalada na zona industrial de Santarém emprega meio milhar de pessoas e é responsável pela preparação e embalamento de carnes de bovino, ovino, caprino e suíno para a rede de supermercados da Sonae. A delegada de Saúde coordenadora da Unidade de Saúde Pública da Lezíria, Helena Ponte e Sousa, disse na altura à Lusa que, desde o aparecimento do primeiro caso confirmado, em 31 de março, o Serviço de Medicina do Trabalho da empresa reportou todos os casos, o último dos quais no passado dia 22 de abril.

Helena Sousa afirmou que, desde o início, os delegados de saúde fizeram pesquisa dos contactos de alto risco dos casos confirmados, garantido a respetiva vigilância ativa e o isolamento profilático de 14 dias, fizeram a verificação das condições de higienização, desinfeção e de utilização de equipamentos de proteção individual e que iriam ser feitos testes diagnósticos aos trabalhadores.

Portugal contabiliza 1.114 mortos associados à covid-19 em 27.268 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.


PUB.


484 visualizações

1/9

1/10

1/4

1/7

1/7

onde comer

1/10

Periodicidade: Diária

6/1/2020

bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias