• comercioenoticias

ROTA DO NATAL” EM RIO MAIOR JÁ TEM VENCEDORES

Atualizado: 9 de Dez de 2020


Já há vencedores do concurso “Rota do Natal”, promovido pela Câmara Municipal de Rio Maior, que juntou um total de 120 participantes, 99 na categoria "Empresas" e 21 na categoria "Residências".

O júri, constituído por Rita Pimentel, artista plástica, Fátima Serra, professora da Escola Secundária de Rio Maior, e Inês Empis, arquiteta da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), visitou e avaliou todos os candidatos e atribuiu os prémios na categoria Empresas a:

1.° lugar: Peçatravões (500 euros); 2.° lugar: Sabores do Mar (300 euros); 3.º lugar: Barrakão (200 euros).

Foram ainda atribuídas Menções Honrosas ao Lar Dr. Calado da Maia, Atelier dos Óculos e In Love.

Na Categoria "Residências" os premiados foram:

1.° lugar: Rua Luís de Camões, 14, Azinheira (500 euros); 2.° lugar: Rua Alcaide de Rio Maior, Rio Maior (300 euros) e 3.° lugar: Rua Manuel Soares Cartaxo, 18, Rio Maior (200 euros)

Foram atribuídas Menções Honrosas à Av. Dos Combatentes, 214, Rio Maior e Rua da Sanguinheira, 18, Arrouquelas.


PUB.


Na residência vencedora habitam Telma Ramos, Pedro Barra e o pequeno Santiago Barra, que ficaram radiantes com a atribuição do prémio máximo deste concurso.

“Participar no Concurso Rota do Natal, permitiu que eu e a minha família nos abstraíssemos deste momento menos bom que todos estamos, infelizmente, a vivenciar”, contou Telma Ramos, que revelou que “toda a ornamentação da varanda foi fruto de um árduo trabalho em equipa, desde apanhar musgo, azevinho, cascalho até à iluminação”.

A família conta que “de há 15 anos a esta parte que o presépio constitui uma tarefa familiar que nos remonta aos tempos mais embrionários da nossa vida”, acrescentando ainda que “motivados por outros apaixonados desta mesma iniciativa, iniciámo-lo com cerca de 60 peças que se traduziram num investimento pessoal, o qual foi evoluindo com mais investimento e ofertas de amigos e familiares, cifrando-se, nesta data, em 162 peças. É um presépio, é uma história, pois há uma ou outra peça que nos faz recordar épocas e/ou momentos. A título de exemplo, a última peça oferecida, ao nosso filho Santiago, foi um presépio da Tecos Larecos”.

A concluir, Telma e Pedro revelaram que a inscrição no concurso se prendeu ao sonho do filho Santiago, “por isso, vos dizemos, fazei do sonho realidade”, acrescentando ainda que “foi com enorme surpresa e grande satisfação que vimos premiado o nosso trabalho e dedicação, pese embora nunca tivesse sido esse o objetivo que nos animou, outrossim, a participação, a colaboração e a resposta ao Espírito Natalício que a Autarquia nos lançou. Por último, e não menos importante, a todos vós, desejamos um futuro cheio de Esperança e Luz”, finalizou a família vencedora da categoria “Residências” da “Rota do Natal”, em Rio Maior.


PUB.


1,829 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7