• comercioenoticias

RAZÕES PELAS QUAIS O SEU NEGÓCIO DEVE CONSIDERAR ALUGAR UM MINI ARMAZÉM


Por norma, associamos a falta de espaço às habitações, mas não são apenas os cidadãos a queixarem-se deste mal. As empresas debatem-se, regularmente, com dificuldades de armazenamento dos seus produtos e arquivos e o cenário piorou nos últimos anos.

Se a exígua e cara oferta imobiliária em Portugal já ameaçava colocar as empresas sem opções financeiramente fiáveis de armazenamento alternativo, o crescimento de um modelo de negócio bastante exigente em termos de stockagem como é o caso do e-commerce, colocou as empresas a braços com um grave problema de espaço.

A criação de milhares de negócios online de raiz e a migração de tantos outros para o digital ao longo do último ano, levou a uma procura intensa por armazéns, não sendo à toa que os termos “armazém aluguer Lisboa” estejam a ser dos mais procurados nos primeiros meses de 2021.

Com as estimativas da ACEPI a apontarem um aumento da intensidade de compras na Internet em Portugal, o problema da falta de espaço para acomodar os stocks adensa-se fazendo sobressair a importância de um espaço alternativo de armazenamento.

É aqui que entram os mini armazéns e as suas valências.


Razões para o seu negócio considerar alugar um mini armazém


É um investimento seguro

Como vimos, o espaço de armazenamento é extremamente importante para qualquer empresa, mas se essa importância se refletir de forma menos intensa no orçamento melhor. Ao invés da compra de um novo espaço, o aluguer de um mini armazém tem custos substancialmente inferiores à aquisição.

Isto é ainda mais verdadeiro quando a empresa em causa está localizada num dos grandes centros urbanos do país, locais onde a pressão imobiliária é maior e os custos assinalavelmente exorbitantes.


Ausência de custos com obras de adaptação do espaço

Outra das razões que pode levar uma empresa a optar por um mini armazém está relacionado com o custo das obras. Aos custos de aquisição de um novo espaço de armazenamento devem ser somados os gastos com obras de adaptação do espaço, algo que não acontece com os mini armazéns self storage.

Estes espaços são concebidos de raiz a pensar nas necessidades de armazenamento das empresas, o que acaba por evitar gastos com obras de adaptação.


Oferecem um vasto rol de serviços e valências

Para além da empresa usufruir de um espaço “chave na mão” imediato e preparado para acomodar os seus produtos/arquivos, um mini armazém oferece valências várias, como segurança 24 horas por dia 7 dias por semana, manutenção regular ou espaço para cargas e descargas.


Tipologias diversificadas de acordo com as necessidades da empresa

A pressão sobre a logística das empresas acentua-se se estivermos a falar de cidades tão grandes e caóticas como Lisboa. Os espaços disponíveis são raros e nem sempre adaptados às necessidades das empresas, nomeadamente no que diz respeito ao tamanho e acessibilidade.

Por exemplo, em Lisboa estas cambiantes já estão acauteladas com a All Storage, uma empresa de aluguer de armazéns, arrecadações e self storage em Lisboa com provas dadas no mercado e com várias soluções a nível de dimensões e preços.

Um mini armazém em Lisboa desta empresa varia entre 1 m2 e 25 m2, é convenientemente ventilado, tem meios de apoio ao transporte dos bens da empresa dentro de cada unidade, está acessível 24 horas por dia e vem com a possibilidade de arrendamento com fechadura eletrónica.

Para além destas valências, um mini armazém da All Storage oferece ainda espaço para cargas e descargas, estacionamento fácil e uma proximidade a clientes e fornecedores do centro da cidade.


Suporte logístico

O negócio de venda online é volátil correndo, não raras vezes, ao sabor das tendências de consumo em cada momento. Apesar de toda a previsão e análise de dados que devem estar subjacentes a uma plataforma e-commerce, picos de procura acontecem com frequência levando a que as empresas tenham que fazer um aumento de stock repentino.

Estes momentos acabam por produzir problemas logísticos que um armazenamento temporário oferecido pelos mini armazéns podem ajudar a solucionar.

De igual modo, a solução mini armazém pode ser bastante útil na gestão da distribuição e na diminuição dos tempos de entrega, este último um fator determinante na construção de processos de fidelização de clientes online.

Por exemplo, pensemos numa empresa e-commerce de Braga que está a receber muitas encomendas da região de Lisboa. Ao transferir parte da sua distribuição para um mini armazém localizado na capital e colocá-lo a funcionar como um minicentro de distribuição, a empresa estará a cortar nos tempos de entrega ao cliente final.

418 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1/8

1/9

1/6
Lino Martins - site
Lino Martins - site

Bicharada - Site
Bicharada - Site

Lino Martins - site
Lino Martins - site

1/9
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

1/8

onde comer

1/10
telefonesuteis.jpg

Periodicidade: Diária

6/14/2021

coronavirus.jpg
bannered.png
Centro Médico de Rio Maior.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg