• comercioenoticias

PROPRIETÁRIO LIMPOU TERRENO E EMPURROU AS CANAS PARA O RIO MAIOR


Recentemente o proprietário de um terreno agrícola, localizado nas traseiras dos prédios onde está instalado o edifício das Finanças de Rio Maior, entre as ruas Professor Manuel José Ferreira e Dr. Francisco Barbosa, procedeu à limpeza do mesmo, tendo o canavial cortado sido empurrado literalmente para o interior do rio Maior.

A Câmara Municipal de Rio Maior foi de imediato alertada por alguns moradores daquela zona, tendo no dia seguinte, ao conhecimento da causa, enviado ao local a fiscalização municipal que desenvolveu os procedimentos legais para notificar o proprietário do terreno.


PUB.


A autarquia fez ainda uma participação à Equipa de Proteção da Natureza e Ambiente em Zonas Específicas (EPNAZE) da GNR, a qual deverá, entretanto, visitar o local.

Saliente-se que este tipo de ações, considerados crimes ecológicos ou delitos ambientais, são puníveis com coimas que podem atingir valores bem elevados.


PUB.


2,061 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8