• comercioenoticias

PRISÃO PREVENTIVA PARA IDOSO QUE DISPAROU SOBRE MULHER GRÁVIDA


Um homem de 69 anos de idade foi presente a primeiro interrogatório de arguido detido fora de flagrante delito, na sequência de mandados de detenção emitidos pelo Ministério Público, indiciado pela prática, em concurso real, de um crime de homicídio agravado na forma tentada e de um crime de detenção de arma proibida.

Os factos ocorreram no passado dia 5 de outubro, na freguesia de Paialvo, concelho de Tomar, na sequência de desentendimentos entre vizinhos, tendo o arguido disparado uma arma de fogo contra o peito de uma mulher de 37 anos de idade, sua vizinha, a qual está grávida. Após assistida no local pelos bombeiros de Tomar a vítima foi transportada para o hospital de Abrantes, permanecendo ainda hospitalizada e em estado grave.


PUB.


O arguido tinha em casa uma segunda arma de fogo de calibre proibido e dois objetos, um dos quais em formato similar a bastão, com potencialidades para agressão, objetos que lhe foram apreendidos.

Tendo em atenção a possível continuidade de ação criminosa, o Ministério Público requereu a aplicação da medida de coação prisão preventiva, a única considerada adequada à gravidade dos factos e perigosidade do arguido, medida essa que foi decretada judicialmente.

O inquérito prosseguirá termos na 2.ª secção de inquéritos do DIAP de Santarém, especializada na tramitação de crimes violentos, contando a investigação com a Polícia Judiciária.


PUB.


136 visualizações

1/9

1/10

1/8

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

10/20/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias