• comercioenoticias

PRISÃO PREVENTIVA PARA IDOSO DE 80 ANOS POR ATEAR INCÊNDIOS FLORESTAIS EM BENAVENTE E MARINHAIS


A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, identificou e deteve um homem, de 80 anos de idade, por fortes indícios da prática de vários crimes de incêndio florestal.

O detido vivia sozinho e, durante três dias consecutivos, com o uso de um maçarico a gás e um isqueiro, ateou vários fogos ao pasto alto e seco existente nas cercanias de sua casa, os quais foram apagados, no seu início, pela ação direta dos vizinhos que comunicaram os factos às autoridades.

A investigação apurou que o detido já desde 2019 vinha cometendo idênticos e continuados delitos de fogo posto.


PUB.


Os factos revestiram-se de elevada gravidade, uma vez que o local tem continuidade horizontal de combustível para zonas de arvoredo, colocando, igualmente, em perigo as casas e edificações da vizinhança.

Estas condutas provocaram um elevado e justificado sentimento de insegurança e medo nos habitantes locais, razão pela qual os mesmos se encontravam sobressaltados e sempre em alerta.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo ficado sujeito à medida de coação processual de prisão preventiva.


PUB.


402 visualizações

1/9

1/10

1/6

1/8

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

10/1/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias