• comercioenoticias

PRISÃO PREVENTIVA PARA HOMEM QUE VIOLOU MULHER APÓS LHE DAR BOLEIA


Um homem de 40 anos de idade, residente no concelho de Évora, começou na última quarta-feira, 6 de janeiro, a ser julgado, no Tribunal de Santarém, na sequência do cumprimento de mandados de busca e de mandados de detenção emitidos pelo Ministério Público, em virtude das fortes suspeitas da ocorrência de crime de violação cometido sobre uma mulher de nacionalidade estrangeira que se encontrava de visita a Portugal.

Os factos terão ocorrido na tarde do dia 2 de dezembro do ano passado, entre as localidades de Coruche e Raposa, altura em que o detido se apercebeu que a vítima procurava boleia de Évora para Lisboa, pelo que a transportou no seu veículo pela Estrada Nacional 114, desviando-se para um local ermo servido por um caminho de terra batida onde, parado o veículo, forçou a vítima à prática de relações sexuais.


PUB.


O Ministério Público entendeu poder haver perigo de continuação de atividade criminosa, tendo sido aplicada ao arguido a medida de coação de prisão preventiva, até que se mostrem reunidos os pressupostos para a implementação de obrigação de permanência na habitação, mediante vigilância eletrónica, para a qual transitará se for viável.

A investigação irá prosseguir na dependência da 1.ª secção do DIAP de Santarém, vocacionada para a direção de investigações na área da violência doméstica e crimes sexuais e será efetivada pela Polícia Judiciária, órgão de polícia criminal que tinha procedido às diligências de inquérito e à detenção, por ser a entidade titular da competência exclusiva para a investigação de crimes desta natureza.


PUB.


601 visualizações0 comentário

1/8

1/8

1/6

1/7

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

3/1/2021

coronavirus.jpg
bannered.png

©2021 por Comércio & Notícias