Periodicidade: Diária

10/2/2022

  • comercioenoticias

PRISÃO PREVENTIVA PARA FUNCIONÁRIO DE INSTITUIÇÃO QUE ABUSOU DE MULHER COM PARALISIA CEREBRAL


Um homem de 43 anos de idade, residente no concelho de Alcobaça, foi ontem, 22 de abril, presente a primeiro interrogatório judicial, por se encontrar indiciado da prática de três crimes de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência.

Segundo a Procuradoria da República da Comarca de Leiria “os factos, fortemente indiciados, foram praticados numa instituição dedicada a apoiar pessoas com deficiência, onde a vítima, que padece de várias limitações físicas (movimenta-se em cadeira de rodas e sofre de cegueira), e psíquicas, designadamente paralisia cerebral, se encontra internada há vários anos”.

A mesma fonte revele que entre “agosto de 2020 e abril de 2021, o arguido, funcionário da referida instituição, manteve coito anal, em três ocasiões, com a vítima, aproveitando-se da incapacidade de resistência desta e do exercício daquelas funções”.


PUB.


Na sequência de promoção do Ministério Público, o Juiz de Instrução Criminal determinou que o arguido aguardasse os ulteriores termos do processo sujeito a prisão preventiva.

A investigação é dirigida pela 1.ª Secção das Caldas da Rainha do Departamento de Investigação e Ação Penal da comarca de Leiria, com a coadjuvação da Polícia Judiciária – Departamento de Investigação Criminal de Leiria.


PUB.


590 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/10

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/11
telefonesuteis.jpg
bannered.png
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg