• comercioenoticias

PRAIAS DA NAZARÉ HASTEIAM CERTIFICADOS DE QUALIDADE AMBIENTAL E DE ACESSIBILIDADE PARA ÉPOCA BALNEAR


As Praias da Nazaré e do Salgado (freguesia de Famalicão) hastearam, hoje, 10 de julho, as bandeiras que certificam a sua qualidade ambiental e de acessibilidade, tendo Famalicão conquistado, pela primeira vez, o diploma de “Praia Mais Acessível”.

A oferta de praia no concelho apresenta-se na presente época balnear com os mais prestigiados galardões a nível nacional e europeu: Bandeira Azul; Praia de Ouro; Praia Acessível; Quality Coast; ISO 14001:2015.

“O Município tem vindo a realizar diversos investimentos na comodidade e qualidade da oferta balnear do concelho. Também em resultado de tudo isso hasteamos, hoje, pela primeira vez, desde que os galardões foram criados, duas bandeiras de praia acessível a todos”, diz o vereador da Câmara da Nazaré, Orlando Rodrigues.

A Autarquia realizou inúmeros investimentos no aumento do conforto e da qualidade da oferta, instalando rampas no areal da Praia urbana; sinalizadores para peões com deficiência visual no início das rampas e das passadeiras; instalando estrados em plástico reciclado que substituíram os antigos em madeira (num total de 629, são mais seguros para o utente e mais amigos do ambiente); implementando o código de cores para daltónicos "ColorAdd" em bandeiras indicadoras do estado do mar e mais contentores para recolha seletiva de resíduos.

“A cerimónia de hoje, acontece anualmente, é, para nós, marcante, pois traduz o esforço de investimento por parte da Câmara num importante ativo da economia, que, de ano para ano, acolhe mais pessoas, atraídas pela oferta de descanso, tradição, sol e praia e receção, nos seus momentos de lazer e férias. Estes certificados de qualidade, que a partir de hoje estão visíveis aos olhos de todos quantos nos visitam, são o reflexo de uma enorme preocupação da gestão autárquica de investir na qualidade, não só da oferta, mas também de bem-estar para todos, pois visam tornar a nossa costa inclusiva, disponível para mais pessoas, tal e qual temos projetado o nosso território. Toda esta qualificação contribui para uma imagem promocional forte e ainda mais atrativa à vinda de turismo e ao investimento de privados, e, no fim, a um maior retorno para a população e Região”.


PUB.


Este ano, devido ao atual contexto da pandemia, e como medidas preventivas, alguns dos equipamentos não foram instalados, como os lava-pés. Em contrapartida, foram tomadas medidas adicionais para informar utilizadores de normas essenciais ao melhor usufruto da oferta, mas em segurança.

“Em ano de pandemia, houve necessidade de dar resposta aos condicionalismos formais necessários. De entre as várias medidas adotadas destacam-se a criação de corredores de circulação distintos para a entrada e saída das praias e limitação de acesso ao areal; reforço da higienização e limpeza dos equipamentos de apoio à prática balnear, com o reforço da recolha de resíduos; o aumento da informação disponibilizada ao público com sinalética informativa no pavimento, visual e sonora, no areal e pela marginal da Nazaré, com vista a sensibilizar os cidadãos para os cuidados, as regras e as rotas de circulação”, explica o vereador.


PUB.


66 visualizações

1/9

1/10

1/6

1/8

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

10/1/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias