• comercioenoticias

PORTO DE MÓS: PULSEIRA ELETRÓNICA PARA HOMEM DE 40 ANOS POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA


O Comando Territorial de Leiria, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 16 de outubro, deteve um homem de 40 anos, por violência doméstica, no concelho de Porto de Mós.

No âmbito de uma investigação, os militares apuraram que o suspeito havia infligindo maus-tratos verbais, psicológicos, físicos e ameaças de morte reiteradamente, durante a relação de 14 anos que mantinha com a sua companheira, uma mulher de 37 anos.

A vítima terminou a relação violenta no ano de 2017, mas o suspeito persistiu em proferir-lhe ameaças de morte, tendo inclusive regressado à residência familiar e ali permanecido contra a vontade da vítima, coagindo-a a retirar todas as queixas criminais, ameaçando-a de lhe destruir todo o seu património e que de seguida terminaria com a vida de ambos. No seguimento das diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.


PUB.


O detido, com antecedentes criminais pela prática do crime de furto e roubo, foi sujeito a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Leiria, no dia 16 de outubro, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de contatos e de se aproximar da vítima por qualquer meio, através de pulseira eletrónica e apresentações semanais no posto da área de residência.


PUB.


103 visualizações

1/9

1/9

1/8

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

11/26/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias