• comercioenoticias

PCP DE PENICHE EXPRESSA PREOCUPAÇÃO COM SITUAÇÃO SOCIAL DOS TRABALHADORES DO CONCELHO


A Comissão Concelhia de Peniche do Partido Comunista Português (PCP) expressa a sua preocupação com o encerramento de empresas no concelho, como é o caso recente da António Ramos & Costa, empresa do ramo de conservas por frio, que coloca cerca de 20 trabalhadores no desemprego, alguns deles com grandes dificuldades de voltar a conseguir trabalho, por força da idade ou por falta de alternativas no concelho.

O PCP chama ainda a atenção para a situação de instabilidade que se vive em empresas do Concelho deste ramo de atividade, cujas razões são indissociáveis de limitações de matéria prima, nomeadamente de Sardinha, cuja captura tem sofrido restrições.

A Comissão Concelhia sublinha ainda a sua preocupação com a situação noutros ramos de atividade fulcrais para a economia local, como são os casos da restauração, com o encerramento temporário de alguns estabelecimentos e a redução abrupta de trabalhadores na área da hotelaria, cafés, pastelarias.

Confirmando aquilo que o PCP tem vindo a referir, o encerramento de empresas, o desemprego crescente que atinge por vezes famílias inteiras, as acentuadas quebras de rendimentos dos trabalhadores em virtude do LayOff ou de cortes nos salários, têm profundos impactos na economia, desde logo na economia local, como o comprova a situação no comércio local e em variados sectores de que é exemplo o encerramento de salões de cabeleireiro.


PUB.


O PCP considera que tudo deve ser feito para preservar o emprego da população do concelho de Peniche e os rendimentos dos trabalhadores. Essa é a principal medida que pode impedir o aprofundamento da crise social e salvaguardar a economia do concelho.

Quanto aos trabalhadores atirados para o desemprego o PCP, na sequência da intervenção que tem vindo a desenvolver a variados níveis, tudo fará para que estes vejam respeitados todos os seus direitos, e que para eles sejam canalizados os necessários apoios sociais.

O PCP alerta que o aumento do desemprego e a quebra de rendimentos dos trabalhadores está a aprofundar problemas como do acesso à habitação num contexto em que continuam a aumentar a rendas e a resposta no plano da habitação social ou de habitação com renda acessível não dá resposta às famílias em situação de desemprego ou com dificuldades económicas.


PUB.


112 visualizações0 comentário

1/8

1/9

1/6
Lino Martins - site
Lino Martins - site

Bicharada - Site
Bicharada - Site

Lino Martins - site
Lino Martins - site

1/9
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

1/8

onde comer

1/10
telefonesuteis.jpg

Periodicidade: Diária

6/14/2021

coronavirus.jpg
bannered.png
Centro Médico de Rio Maior.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg