Periodicidade: Diária

10/3/2022

  • comercioenoticias

"OS BORDADOS DA GLÓRIA DO RIBATEJO" NO INVENTÁRIO NACIONAL DO PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL

Atualizado: 11 de abr.


A Direção Geral do Património Cultural (DGPC) inscreveu "Os Bordados da Glória do Ribatejo" no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial, de acordo com o anúncio publicado na passada semana em Diário da República nº.25/2022, Série II de 2022-02-04.

A inscrição da manifestação “Os Bordados de Glória do Ribatejo” no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial reflete critérios que destacam “a importância da referida manifestação do património cultural imaterial enquanto reflexo da respetiva comunidade e os processos sociais e culturais nos quais teve origem e se desenvolveu a manifestação do património cultural imaterial na contemporaneidade”, refere o anúncio em DR.

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos foi a proponente desta candidatura apresentada à DGPC, que contou com a colaboração da Universidade de Évora e o apoio da União de Freguesias de Glória do Ribatejo e Granho, instituições e associações locais e de toda a população de Glória do Ribatejo.

“É uma enorme satisfação para o Município de Salvaterra de Magos o sucesso que esta candidatura alcançou, em grande medida resultado do mérito da tipicidade dos bordados desta comunidade e do seu envolvimento neste projeto. Obrigado a todos!”, salienta o Presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Manuel Esménio.


PUB.


A Câmara Municipal vem desenvolvendo várias atividades com o objetivo de divulgar e promover o património histórico e cultural do concelho de Salvaterra de Magos, entre os quais se destacam “os Bordados da Glória do Ribatejo”, procurando desta forma contribuir para a recolha, estudo, promoção e divulgação deste Património.

Os Bordados são uma manifestação que se mantém ativa há várias gerações na Glória do Ribatejo e a sua inclusão na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial Nacional é, por si só, uma importante e imprescindível medida de salvaguarda.

Este saber-fazer, transmitido oralmente e em contexto prático pelas mulheres de Glória do Ribatejo, era e é aplicado na elaboração de várias peças de vestuário quotidiano, na roupa da casa, e em outros objetos de utilidades diversas.

A simbologia e funcionalidade associadas à aplicação destes bordados confere-lhes características que os diferencia dos outros bordados, sem qualquer expressão comercial ou de ostentação de riqueza, já que estas peças deixam transparecer o rigor e o preceito de quem as “marca” / borda.


PUB.


51 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/10

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/11
telefonesuteis.jpg
bannered.png
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg