Periodicidade: Diária

11/28/2022

  • comercioenoticias

O QUE ESPERAR SE FOR VIVER PARA OS PAÍSES BAIXOS?


Os Países Baixos, habitualmente conhecido como Holanda em Portugal, que é na verdade uma pequena região do país, são famosos pela sua capital, Amesterdão, com as suas ruas amplas e extensas paisagens de moinhos de vento e tulipas.

A beleza e o ambiente frenético do país levam toda a gente a querer conhecer este país que outrora era um centro de comércio mundial. Muitos querem também procurar uma nova vida neste local de prosperidade, onde o salário mínimo ronda os €1.600.

Se também quer fazer parte da comunidade neerlandesa, fique a saber abaixo o que esperar da vida neste país de pessoas extrovertidas que se vestem de laranja.


Vida Equilibrada

Se está a pensar procurar emprego Holanda, fique a saber que a OCDE aponta que os Países Baixos têm o melhor equilíbrio entre trabalho e vida pessoal do mundo.

Os empregadores e empregados partilham a ideia de que um equilíbrio saudável entre a vida profissional e a vida familiar torna os empregados mais motivados e produtivos. O trabalho a tempo parcial é muito comum, mas nem por isso a eficiência é menor. Os dados apontam que a eficiência dos trabalhadores neerlandeses é extremamente elevada em comparação com outros países europeus.

Os empregadores oferecem um subsídio de férias como parte dos salários para que os neerlandeses consigam desfrutar do seu tempo livre. Isto traz diversos benefícios a nível da saúde mental, porque dispõem de mais tempo para relaxar, e quando voltam ao trabalho sentem-se frescas e motivadas.


Educação de qualidade

O sistema educativo dos Países Baixos é dos mais eficazes, estando entre os 10 melhores do mundo. Com universidades de topo altamente classificadas, são 13 o número de instituições de ensino superior neerlandesas a figurarem no ranking do Times Higher Education. O sistema de ensino público caracteriza-se por ser saudável, com ótimas escolas internacionais, que ajudam a criar um ambiente seguro para as famílias e os seus filhos.


Bons serviços de saúde

Quanto à saúde, os Países Baixos têm um dos melhores sistemas de saúde e de pensões. Em 2018, ocupavam o segundo lugar no ranking EHCI para o melhor sistema de saúde, com acesso de toda a população a serviços de alta qualidade.

Quanto aos benefícios pós-reforma, o Melbourne Mercer Global Pension Index classifica os Países Baixos como a melhor nação em matéria de pensões. Apenas a Dinamarca recebeu também uma classificação igual em 2019.


Um país seguro

As cidades e aldeias neerlandesas são totalmente equipadas com ciclovias seguras e confortáveis que permitem que os mais jovens e os mais velhos consigam utilizar a bicicleta como meio de transporte.

Para além do transporte mais seguro, a vida nos Países Baixos é geralmente segura e calma. De acordo com dados estatísticos de 2019, apenas 1,4% da população com mais de 15 anos se sente insegura com frequência no seu país.


Qualidade de vida

Os Países Baixos ficaram classificados como a sexta nação mais feliz do mundo, no relatório de felicidade das Nações Unidas, e estão entre os países mais felizes da Europa, segundo o Eurostat. A OCDE avalia também os Países Baixos com pontuações acima da média em diferentes setores, como o emprego, a saúde, a habitação e o bem-estar.

Pelo segundo ano consecutivo, o país encontra-se no top 10 do ranking que avalia a qualidade de vida de expatriados em diferentes países do mundo. O Ranking Expat Quality of Life analisou dados de 195 países diferentes, incluindo o nível de felicidade, o salário médio, o custo de vida, a qualidade dos cuidados de saúde, o poder de compra e o nível de paz, e colocou os Países Baixos em 8º lugar na lista. Ficaram à frente de países como Singapura, Suécia, Alemanha ou Portugal.


Conclusão

Viver nos Países Baixos é viver num ambiente convidativo, onde os contextos sociais e de trabalho funcionam em harmonia, tanto para os locais como para os estrangeiros. O país dispõe mesmo de 11 Centros Expat em todo o país, prontos para receber famílias estrangeiras e proporcionar-lhes uma boa transição para o novo país até sentirem-se bem no novo lar.

Para além de se viver bem, é um país em que se recebe bem, por isso só existem boas razões para acreditar que é positivo viver e trabalhar nos Países Baixos.


88 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
telefonesuteis.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
bannered.png
314012987_493269782858541_8091892627052110800_n.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg