Periodicidade: Diária

11/28/2022

  • comercioenoticias

O NÚMERO DE ATAQUES HACKERS AUMENTA A PROCURA POR SEGUROS DE PROTEÇÃO


Aumentando a procura, o valor dos seguros tem crescido e levado as empresas a procurarem alternativas na hora de criar uma rede segura para os seus clientes.


Empresas correm o risco de 'perda financeira catastrófica' devido aos ataques cibernéticos

É um assunto cada vez mais em debate na sociedade os perigos causados pelos ataques e golpes digitais. Foi-se o tempo em que as pessoas podiam navegar tranquilamente pela internet sem se preocupar com ataques de hackers. Agora, num mundo todo digitalizado, quanto mais seguro um espaço for, melhor é a experiência do usuário.

Por isso, muitas empresas estão investindo cada vez mais dinheiro na segurança das suas plataformas. Um exemplo disso são os cassinos online, que movimentam muito dinheiro e oferecem espaços seguros para seus clientes. Plataformas como o Vulkan Vegas criaram espaços seguros e criptografados para garantir a segurança dos seus usuários.

A verdade é que a segurança de um site é um investimento a longo prazo, que garante a saúde da empresa e a manutenção das suas operações mesmo diante de tentativas de ataques hackers. Ocorre que muitas empresas ainda não perceberam a importância de investir em segurança e estão sob o risco de terem perdas catastróficas nos próximos anos.

Um dos motivos por trás desse prejuízo a ser suportado pelas empresas que não estão investindo na segurança das suas plataformas, são os seguros. Os seguradores notaram que os ataques hackers são cada vez mais comuns e os valores suportados podem ser muito altos. Nesse sentido, a apólice e os prémios do sinistro estão cada vez mais caros.


O aumento dos ataques hackers

Para se ter uma noção de como a visão da sociedade mudou nos últimos anos, em relação aos ataques hackers, vale a pena analisar a quantidade de ataques que ocorreram de 2016 para cá. A título comparativo, apenas no ano de 2021, as empresas tiveram prejuízo de mais de 2 bilhões de dólares com a invasão de seus e-mails corporativos.

● Prejuízo de violação de dados em 2021: $152 milhões de dólares

● Prejuízo com ransomware em 2021: $49 milhões de dólares

● Prejuízo com ataques do tipo DoS em 2021: $0 milhões de dólares

Esse valor não chegou a 400 milhões em 2016, apenas 5 anos antes. Somente por esse número é possível notar o aumento dos prejuízos que as empresas estão sofrendo devido aos ataques criminosos. Esses bandidos digitais burlam os frágeis sistemas de proteção das empresas e roubam os dados privados e outras informações valiosas.

Além do prejuízo financeiro causado, o prejuízo à imagem das empresas também é algo a ser considerado. Declarar publicamente que sofreu um ataque hacker e teve os dados dos seus clientes roubados pode ser um grande problema para empresas de tecnologia que lidam com essas questões. Por isso, o prejuízo pode se estender por um processo sem fim.


Empresas de seguro receosas

Observando esse aumento repentino dos crimes cometidos no ambiente cibernético, as empresas de seguros já começaram a atualizar os valores para proteção. Algo que era considerado irrelevante até alguns anos atrás, hoje o seguro de dados é tão importante quanto o seguro de vida, principalmente em se tratando de empresas de tecnologia.

A privacidade das informações, principalmente dos seus clientes, é uma ordem legal que deve ser garantida e respeitada pelas empresas. Permitir que hackers entrem no sistema da empresa e roubem dados bancários, endereços, mensagens particulares e até mesmo informações sigilosas, é tudo o que uma empresa de tecnologia não quer.

Mas é algo que pode acontecer e estar preparado para lidar com os danos sofridos é mais que essencial para garantir a saúde empresarial. Os seguros têm essa função, de suportar os danos e apoiar as empresas no pagamento dos prejuízos causados aos seus clientes. Por isso, o custo do seguro tem aumentando bastante e assustado as empresas do setor.


Uma saída é investir em tecnologia

Com os custos de seguro a ataques cibernéticos cada vez mais caros, muitas empresas decidiram focar no desenvolvimento de sistemas de tecnologia mais seguros. Esse é o caso dos sistemas de criptografia, usados em muitos bancos e cassinos online. A partir dessa tecnologia de criptografia, a plataforma fica protegida contra ataques frequentes.

Em outro campo, as empresas também estão investindo em parques de armazenamento super tecnológicos, com tecnologia de proteção de ponta, fazendo backups e protegendo a todo o custo suas informações. No mundo atual, as informações valem mais do dinheiro e não medir esforços na proteção desses dados é mais importante que tudo.

Contratar profissionais de TI e treiná-los para lidar com ataques em tempo real, como uma especial de exército preparado para defender a empresa em batalhas diárias, tem sido também o escopo de atividade de grandes multinacionais.

Muitas vezes, esses profissionais são ex-hackers que conhecem os caminhos e testam as falhas encontradas para diminuir os riscos. Resta saber até quando esses ataques vão continuar, tudo indica que os hackers vieram para ficar e se tornarem os criminosos do próximo século.

90 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
telefonesuteis.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
bannered.png
314012987_493269782858541_8091892627052110800_n.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg