top of page

Periodicidade: Diária

2/24/2024

  • comercioenoticias

MUNICÍPIO DE SANTARÉM RECEBEU COMITIVA COM 45 ALUNOS ORIUNDOS DE 11 PAÍSES


Um grupo com 45 estudantes de diferentes nacionalidades, que participam no projeto “Santarém Funcional”, no Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal Machado, foi recebido na última quarta-feira, 26 de outubro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Carmen Antunes, Vereador da Juventude da Câmara Municipal de Santarém (CMS), recebeu esta comitiva composta por alunos oriundos da China, Índia, Itália, Argélia, Moldávia, Paquistão, Rússia, Ucrânia, Venezuela, Itália e França, que nesse dia fizeram uma visita guiada à cidade.

A Vereadora deu as boas-vindas aos alunos, na esperança de que todos tivessem feito boa viagem e estivessem a gostar de Santarém. Carmen Antunes afirmou que “para o Município é uma honra receber estas visitas e perceber que as nossas organizações de educação são inovadoras e bastante ativas, nestes projetos internacionais”, lembrando que “Santarém é uma cidade com um património rico e uma gastronomia interessante. Para finalizar, a Vereadora agradeceu a presença de todos, esperando “que possam recomendar a visita a Santarém”.


PUB.


O projeto “Santarém Funcional” visa fornecer aos alunos as ferramentas sociais e cívicas facilitadoras da sua inclusão na cidade resultou numa mais-valia para todos os envolvidos, fruto da cooperação estabelecida entre organismos, saberes, vontades e atitudes. Dar a conhecer a Cidade, a partir dos serviços públicos (Segurança Social, Loja do Cidadão, Câmara Municipal, Gabinete de Apoio ao imigrante e minorias étnicas, Tribunal, CTT), educação (ISLA), espaços de lazer (Sala de Leitura; Jardim da Liberdade / Jardim da República) e monumentos foi o objetivo desta visita. Entender a Cidade do seu ponto de vista funcional, é uma das formas de ajudar as famílias – algumas a viver há pouco tempo na cidade – através dos filhos que frequentam as diversas escolas do Agrupamento.

As docentes Silvina Bernardino, Coordenadora do Português Língua Não Materna do Agrupamento, e Henriqueta Carolo, organizadoras do evento, pretenderam a integração social na comunidade escalabitana, dando visibilidade à ligação cidade/imigrantes, pretendendo-se uma ligação de afetos com o espaço cujas famílias escolheram para trabalhar e viver. Os docentes Patrícia Filipe, Luís Oliveira e Cristina Oliveira dinamizaram uma atividade lúdico-cultural que teve por objetivo incluir todos os alunos na partilha de jogos tradicionais de diferentes culturas no Jardim da Liberdade. O evento teve ainda o apoio e cobertura dos alunos do Curso Profissional de Multimédia.


PUB.


69 visualizações0 comentário

onde comer

telefonesuteis.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg
bannered.png
Banner Riomagic.jpg
bottom of page