• comercioenoticias

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA INVESTE MAIS DE 110 MIL EUROS EM APOIOS À EDUCAÇÃO


A Câmara Municipal de Azambuja vai manter, no ano letivo 2010/2021, o forte apoio que tem sido dado às famílias, continuando a assumir a Educação como uma prioridade das suas políticas.

Neste sentido, esta autarquia irá dar continuidade à atribuição gratuita dos cadernos de atividades a todos os alunos do 1º ciclo do ensino básico (1º ao 4º ano), num valor a rondar os 32 mil euros. Recorde-se que esta medida teve início em 2016/2017, aquando da oferta dos manuais escolares por parte do Ministério da Educação, e desde aí a Câmara Municipal já investiu, só nestes cadernos de atividades, um total de 140 mil euros.

Outra medida, na mesma linha de apoio às famílias do concelho, é a atribuição universal de um kit escolar a todas as crianças que frequentem a rede pública ou a rede privada-solidária do ensino pré-escolar e o 1º ciclo do ensino básico, bem como aos alunos do ensino especial da Cerci-Flor da Vida. Refira-se que o kit é composto por diversos materiais escolares, de acordo com as sugestões dos Agrupamentos de Escolas e outras instituições em articulação com a autarquia.


PUB.


Os 1800 kits para o ano letivo prestes a começar já foram entregues aos jardins de infância e às escolas, e representam uma verba aproximada de 20 mil euros de investimento. De sublinhar que, desde 2009/2010 o município já distribuiu mais de 8500 kits de material escolar.

Integrado no conjunto de medidas de apoio social às famílias dos alunos com escalão 1 e 2 da Ação Social Escolar, dos níveis pré-escolar da rede pública, 1º, 2º e 3º ciclos, a Câmara Municipal atribui a todos esses alunos um suplemento alimentar. No ano letivo 2019/20 foram abrangidos pela medida perto de 900 alunos, correspondendo a cerca de 122 mil suplementos anuais, com um valor na ordem dos 60 mil euros. Estima-se que, neste novo ano letivo haja um acréscimo do número de alunos abrangidos pela Ação Social Escolar.

Esta atribuição de cadernos de atividades, kits escolares e suplementos alimentares, no ano letivo 2020/2021, traduz-se num investimento global superior a 110 mil euros. Para o Município de Azambuja, a aplicação destas verbas não constitui uma despesa, mas sim um investimento. Estas medidas têm o objetivo de apoiar as famílias, no presente, e ser uma verdadeira aposta na formação e qualificação das crianças e jovens que são o futuro do concelho de Azambuja.


PUB.


25 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/30/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias