• comercioenoticias

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA CRIA POSTO DE OBSERVAÇÃO DA NATUREZA


No Paúl de Manique do Intendente

O Município de Azambuja criou um espaço de observação de fauna e flora no Paúl de Manique do Intendente para toda a população local e público em geral.

Esta ação faz parte de um projeto designado “Paúl Natura” que, teve início com uma candidatura ao Fundo Ambiental, a qual não obteve financiamento. Ainda assim a autarquia decidiu avançar com os custos da colocação das infraestruturas e dar continuidade a este projeto que, tem como objetivo promover o conhecimento e a proteção do património natural, envolvendo os jovens e as comunidades locais, na proteção deste ecossistema único no Concelho de Azambuja.

Da referida candidatura, surgiu uma parceria entre o município e várias entidades que darão vários contributos no apoio à conservação do Paúl de Manique. Assim, regista-se o envolvimento e colaboração da Universidade Lusófona de Lisboa, da União das Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de S. Pedro e Maçussa, da Casa do Povo de Manique do Intendente, do Agrupamento de Escolas do Alto de Azambuja e do Instituto de Conservação da Natureza e Floresta (ICNF).

As obras de instalação das estruturas ficaram concluídas em meados de março, estando a ser preparada a colocação, em vários painéis, de informação sobre todo o património natural característico do Paúl, um trabalho que conta com o apoio da Universidade Lusófona e do ICNF.


PUB.


Refira-se que a inauguração do equipamento estava planeada para decorrer durante a festa das Tasquinhas de Manique do Intendente, nos dias 24 a 26 de abril. No entanto, devido à situação de pandemia em que nos encontramos, o evento foi cancelado e a abertura oficial do posto de observação será reagendado para quando as circunstâncias o permitirem.

O município irá continuar a trabalhar, em conjunto com todas as entidades parceiras, para dar a conhecer a importância deste local, prosseguindo com o levantamento das espécies da fauna e da flora existentes, algumas com estatuto de proteção, como forma de preservar este ecossistema único e tão rico para este Concelho de Azambuja e para toda a região.

O espaço foi criado para permitir a fruição de um local, com as condições ideais, onde se possa contemplar a Natureza em todo o seu esplendor e que será aberto a todo o público logo que seja possível.

Esta obra representa um investimento da Câmara Municipal de Azambuja de cerca de 14 mil euros.


PUB.


328 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom
Bicharada - Site
Bicharada - Site

press to zoom

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom
1/9
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
telefonesuteis.jpg

Periodicidade: Diária

9/20/2021

coronavirus.jpg
bannered.png
NOVO SANTA CASA - COVID.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg