• comercioenoticias

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA APELA PARA NÃO SE TOMAR BANHO OU PESCAR NO PAÚL DE MANIQUE DO INTENDENTE


O Município de Azambuja é proprietário dos terrenos onde se encontra o Paúl de Manique do Intendente, área que constitui um riquíssimo património natural de grande importância em termos de biodiversidade, nomeadamente em avifauna, já reconhecida a nível nacional.

Recentemente a autarquia avançou com a colocação de uma infraestrutura de observação da fauna e da flora paúl, que tem como objetivo promover o conhecimento, a proteção e a preservação deste ecossistema único e tão rico para o Concelho de Azambuja e para toda a região.

A instalação do posto e do passadiço que lhe dá acesso desenvolveu a afluência de maior número de visitantes ao local, podendo levar algumas pessoas a pensar que é um espaço agradável para a prática de banhos e de pesca.


PUB.


O Município de Azambuja alerta a população em geral para o facto de que o Paúl não está identificado como uma zona balnear - segundo o Decreto-Lei nº 135/09 de 3 de julho, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei nº 113/2012 de 23 de maio – sendo totalmente desaconselhadas as atividades de banhos e de pesca, evitando causar qualquer perturbação a este ecossistema.

O Paúl de Manique do Intendente é um espaço natural com um equilíbrio muito sensível que deve ser desfrutado apenas em atividades culturais e científicas. Pela preservação do meio ambiente, a autarquia apela ao civismo e respeito de todos os visitantes.


PUB.


266 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/20/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias