• comercioenoticias

MILITAR VIOLOU IRMÃ DA NAMORADA À FRENTE DO FILHO MENOR DESTA


Crime aconteceu em Riachos, concelho de Torres Novas

Um homem de 37 anos de idade, militar numa unidade de forças especiais do norte do país, foi presente esta terça-feira, 28 de janeiro, a primeiro interrogatório de arguido detido fora de flagrante delito, na sequência de mandados de detenção emitidos pela 3.ª secção do DIAP de Tomar do Ministério Público, indiciado pela prática de um crime de violação na forma agravada e outro de violação de domicílio, ocorridos na noite de 15 para 16 deste mês de janeiro.

Segundo a Procuradoria da República da Comarca de Santarém, “a vítima, residente em Riachos, no concelho de Torres Novas, é irmã de uma mulher com quem o arguido mantinha uma relação amorosa”, referindo que “a vítima foi surpreendida pela entrada forçada deste na sua habitação, enquanto dormia. Apercebendo-se do sucedido quando acordou com aquele deitado sobre si, em plena consumação de ato sexual, no qual persistiu mesmo quando a ofendida exigiu que cessasse esse comportamento”.

A mesma fonte refere ainda que “o arguido não reside na área da comarca de Santarém e os factos foram presenciados pelo filho menor da vítima”.

Perante os fortes indícios da prática dos aludidos crimes, atenta a sua gravidade e relevados os perigos constantes do artigo 204.º do Código de Processo Penal, foi promovida a aplicação da medida de coação prisão preventiva, que foi decretada judicialmente.

O inquérito irá prosseguir termos na 1.ª secção do DIAP de Santarém, com a investigação a cargo do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária, que já tinha sido responsável pela localização e detenção do arguido.

1,073 visualizações

1/9

1/9

1/8

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

12/2/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias