Periodicidade: Diária

6/28/2022

  • comercioenoticias

MIA COUTO NOS 85 ANOS DA BIBLIOTECA-MUSEU DE TORRES NOVAS


«Literatura e Ecologia, modos de ler o que está à nossa volta» é o tema da sessão que a Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes promove no próximo dia 17 de junho, sexta-feira, a partir das 21 horas, com o escritor moçambicano Mia Couto. Um olhar atencioso sobre estas duas linguagens, numa conversa improvável com moderação da jornalista Maria João Costa, destinada ao público em geral e com entrada livre, por ocasião dos 85 anos da Biblioteca-Museu de Torres Novas.

Mia Couto nasceu na Beira, Moçambique, em 1955. Foi jornalista e professor, e é, atualmente, biólogo e escritor. Está traduzido em diversas línguas. Entre outros prémios e distinções (de que se destaca a nomeação, por um júri criado para o efeito pela Feira Internacional do Livro do Zimbabwe, de Terra Sonâmbula como um dos doze melhores livros africanos do século XX), foi galardoado, pelo conjunto da sua já vasta obra, com o Prémio Vergílio Ferreira 1999 e com o Prémio União Latina de Literaturas Românicas 2007. Ainda em 2007 Mia foi distinguido com o Prémio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura pelo seu romance O Outro Pé da Sereia. Em 2011 venceu o Prémio Eduardo Lourenço, que se destina a premiar o forte contributo de Mia Couto para o desenvolvimento da língua portuguesa. Em 2013 foi galardoado com o Prémio Camões e com o prémio norte-americano Neustadt. Em 2020 foi galardoado com o Prémio Jan Michalski de Literatura, atribuído anualmente pela Fundação suíça Jan Michalski.


PUB.


Capaz de aliar assuntos que vão desde a medicina à ecologia, da biologia à poesia, da prosa à política, é reconhecido internacionalmente pela qualidade de sua literatura e divide o seu tempo entre os livros, o estudo dos ecossistemas, as responsabilidades como consultor ambiental e uma imensa curiosidade sobre como o ser humano se conecta com tudo o que o rodeia.

A Biblioteca e Museu Municipais, criados por Gustavo Pinto Lopes, foram inaugurados em 1937 no edifício municipal do Largo dos Combatentes. Atualmente localizada no Jardim das Rosas, a Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes dispõe de Sala do Conhecimento, Fundo Antigo, Sala Infantil, Hemeroteca, Multimédia, Audiovisuais, Sala Polivalente, Auditório, Serviço de Apoio a Bibliotecas Escolares (SABE), Eventos e Extensão Cultural, Recursos Braille (106 obras, PC com linha braille e display braille). Integra a Rede Nacional de Bibliotecas Públicas e é biblioteca associada da Comissão Nacional da UNESCO.


PUB.


20 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/12
telefonesuteis.jpg
Abertura Piscinas.jpg
bannered.png
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg