Periodicidade: Diária

10/4/2022

  • comercioenoticias

JOVEM DE 22 ANOS QUE AGREDIA A COMPANHEIRA FICA PROIBIDO DE A CONTACTAR


O Ministério Público apresentou a primeiro interrogatório judicial, no dia 14 de junho, um jovem de 22 anos de idade, indiciado da prática do crime de violência doméstica agravado.

O Tribunal considerou encontrar-se fortemente indiciado que o arguido molestou física, verbal e psicologicamente a vítima, com quem viveu maritalmente.

A Procuradoria da República da Comarca de Leiria refere que “os factos indiciados ocorreram entre abril e maio de 2022, no concelho de Leiria”, salientando que “o arguido proferiu insultos e ameaças de morte contra a vítima, agarrou-a pelos braços, puxou-lhe o cabelo, empurrou-a e apertou-lhe o pescoço, na presença do filho menor de ambos”.


PUB.


O juiz de Instrução Criminal determinou que o arguido aguardasse os ulteriores termos do processo sujeito às medidas de coação de obrigação de apresentação à autoridade policial, duas vezes por semana, de proibição de contacto com a vítima e de deslocação ao seu local de trabalho, bem como ao afastamento da residência da mesma, com sujeição a vigilância eletrónica.

A investigação é dirigida pelo Ministério Público da Subsecção Especializada em Violência Doméstica do Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria de Leiria, com a coadjuvação da PSP de Leiria.


PUB.


789 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/10

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/11
telefonesuteis.jpg
bannered.png
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg