top of page

Periodicidade: Diária

2/29/2024

  • comercioenoticias

JOVEM DE 16 ANOS MATOU A IRMÃ DE 19 E ENTERROU O CORPO NAS TRASEIRAS DA CASA



Crime macabro aconteceu em Peniche

A Polícia judiciária do Departamento de Investigação Criminal de Leiria deteve uma jovem de 16 anos, suspeita de ter assassinado à facada a própria irmã de 19 anos.

O caso remonta a 19 de agosto último, dia em que Lara Pereira, que sofria de nanismo, foi dada como desaparecida.

A Polícia judiciária de imediato iniciou diligências ininterruptas que culminaram, ontem à noite, com a localização do corpo da desaparecida, num quadro de homicídio qualificado, tendo detido a autora, a irmã da vítima de apenas 16 anos de idade.

Segundo um comunicado emitido pela PJ “ontem, desde o início da manhã, procederam-se a várias diligências de investigação, junto dos familiares diretos, bem como à realização de vários exames e perícias, realizadas pela Equipa do Local do Crime do Laboratório de Polícia Cientifica desta PJ, resultando inequívoco que ocorrera uma morte violenta na domicílio da desaparecida”, acrescentando que “de toda a prova recolhida, concluiu-se que a irmã da detida, por motivo fútil, utilizando uma arma branca, desferiu um número de facadas não apuradas, provocando a morte da irmã, que havida sido dada como desaparecida”.



A PJ revela ainda que “o crime terá ocorrido no passado dia 15 de agosto, tendo a autora, lavado o interior da casa para ocultar pistas, e enterrado o corpo nas traseiras da residência em terreno arenoso”.

O corpo foi exumado e conduzido para o Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, Gabinete de Torres Vedras para autópsia.

A detida vai ser presente às competentes Autoridades Judiciárias para primeiro interrogatório judicial e aplicação de adequadas medidas de coação.


3.535 visualizações0 comentário

onde comer

telefonesuteis.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg
bannered.png
Banner Riomagic.jpg
bottom of page