• comercioenoticias

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM SUSPENDE REALIZAÇÃO DE PRAXES ACADÉMICAS


O Instituto Politécnico de Santarém, tendo em conta as normais definidas e impostas pelas autoridades de saúde devido à pandemia da Covid-19, acaba de declarar a suspensão da realização das praxes académicas no IPSantarém para o presente ano letivo 2020-2021.

Num ano particularmente desafiante e atípico, desde logo pela incerteza que o envolve, o IPSantarém e a sua Comunidade Académica consideram fundamental dar o exemplo no que concerne ao respeito pelas normas que as autoridades de saúde têm divulgado, de forma particularmente abrangente e incisiva, bem como pelas orientações divulgadas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, na carta dirigida à comunidade académica, a nível nacional, no passado dia 20 de setembro.

Esta decisão é tomada pelos órgãos competentes do IPSantarém tendo em consideração essas normas e orientações conhecidas, que limitam a organização de ajuntamentos de estudantes, festas e outras receções presenciais, no atual contexto de pandemia, e com enorme sentido de responsabilidade e compromisso para com a saúde pública de toda a comunidade académica.


PUB.


Ainda assim, e de forma a garantir a melhor receção, integração e acompanhamento dos novos alunos, os estudantes do IPSantarém, em particular as Associações de Estudantes das Escolas que o integram, continuarão a garantir a manutenção do clima de bem receber, disponibilizando serviços essenciais (Serviços Académicos, as Bibliotecas, os Laboratórios e os Serviços de Ação Social (como as cantinas e residências, e os serviços de apoio social aos estudantes) e um conjunto de atividades (científicas, desportivas, culturais, e sociais) para promoção do seu bem-estar e uma formação de qualidade, tudo num quadro de responsabilidade e de cumprimento das regras estabelecidas para esta fase de contingência.


PUB.



126 visualizações

1/9

1/10

1/8

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

10/30/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias