• comercioenoticias

INFORMAÇÃO AOS UTENTES DO CENTRO DE SAÚDE DO CARTAXO


Carlos Ferreira, Diretor do Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria (ACES Lezíria), fez chegar ao presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, informação sobre as alterações ao funcionamento do Centro de Saúde do Cartaxo, que passarão a vigorar a partir de sexta-feira, dia 20 de março e que se passam a elencar.

O Diretor do ACES Lezíria, informa que a “situação de emergência de Saúde Pública em que nos encontramos, por força da COVID-19, impõe que sejam tomadas medidas organizativas adaptadas a essa realidade de forma a conseguir-se a melhor resposta possível”, garantindo as respostas que os normativos da Direção-Geral da Saúde preconizam. As novas medidas são:

· A triagem será efetuada à entrada do Centro de Saúde, por pessoal médico, tendo sido criada uma área específica para a doença respiratória aguda, onde haverá médico e equipa de enfermagem específica para este tipo de atendimento.

· O Centro de Saúde continuará a garantir o atendimento de outros utentes que dele careçam, por força de outra doença aguada. Limita-se o atendimento a grupos vulneráveis e incentiva-se o contacto online, por e-mail, e por telefone.

· O atendimento complementar, que era assegurado por apenas uma equipa, deixa de se realizar nos dias úteis, por não dar garantia de que contactos/contágios pelo novo Coronavírus, não aconteçam.

· Reforça-se o atendimento complementar aos fins de semana, com duas equipas em simultâneo. Uma delas orientada para a doença aguda geral e a outra para a respiratória. Este atendimento funcionará entre as 09h00 e as 14h00.

Lembram-se algumas medidas de prevenção de transmissão da infeção por novo Coronavírus (Covid-19), já adotadas pelo Centro de Saúde e recomendações aos utentes:

· Suspensão das consultas programadas de vigilância e seguimento no Centro de Saúde do Cartaxo, até dia 3 de abril, sendo posteriormente reagendadas, em tempo oportuno. Esta suspensão aplica-se a grupos de risco e vulneráveis, nomeadamente as consultas de Saúde Infantil e Juvenil, Saúde Materna, Planeamento familiar, Doenças Cardiovasculares e Diabetes Mellitus.

· Suspensão até dia 3 de abril, de realização de exames de diagnóstico e terapêutica realizados no Centro de Saúde (ECG, espirometrias e outros), Consultas de Saúde Oral e Medicina Dentária, exceto nas situações clínicas que o justifiquem.

· Suspensão de atividades realizadas em grupo, nomeadamente Curso de preparação para o Nascimento, Classe de Mobilidade e Saúde Escolar.

· Os utentes devem recorrer à consulta médica ou de enfermagem não acompanhados, com exceção de crianças ou utentes com dependência. Nestes casos devem ser acompanhados apenas por uma pessoa.

· De forma a evitar a acumulação de pessoas na sala de espera, o Centro de Saúde apela a que os utentes se dirijam à consulta apenas 15 minutos antes da hora agendada.

· Nos pedidos de medicação crónica, os utentes devem evitar dirigir-se ao balcão de atendimento, podendo fazer este pedido via email para a UCSP: ucsp.cartaxo@arslvt.min-saude.pt ou para a USF: usf.terraviva@arslvt.min-saude.pt.

· Os utentes devem ainda evitar recorrer ao Centro de Saúde para levantamento de receitas, devem atualizar os dados via telefone ou e-mail e o Centro de Saúde enviará as receitas por mensagem ou e-mail.

Apelos do Centro de Saúde:

De forma a evitar uma maior afluência na sala de espera, sempre que possível, opte por contactar-nos por telefone (UCSP: 243 700 666, USF: 243 700 658, UCC:243 700 652, 927 993 404, 916 562 727) ou por e-mail para UCSP: ucsp.cartaxo@arslvt.min-saude.pt, para a USF: usf.terraviva@arslvt.min-saude.pt, ou para UCC: ucc.cartaxo.coord@arslvt.min-saude.pt.

Recorra ao Centro de Saúde apenas em caso de necessidade e não o faça se tiver tido contacto com algum doente infetado ou tiver realizado alguma viagem para as zonas de risco nos últimos 14 dias. Nesse caso ligue para a Linha Saúde 24, 808 24 24 24.

151 visualizações

1/9

1/10

1/8

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

10/23/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias