top of page

Periodicidade: Diária

2/22/2024

  • comercioenoticias

IMPEDIDOS DE EXERCER FUNÇÕES FUNCIONÁRIOS DA CÂMARA DE TORRES NOVAS APANHADOS EM ESQUEMA CORRUPTO


Na sequência de mandados de detenção fora de flagrante delito, o Ministério Público apresentou, no dia 16 de março, a primeiro interrogatório judicial três arguidos fortemente indiciados da prática dos crimes de corrupção e recebimento indevido de vantagem.

Existem fortes indícios de que dois dos arguidos, uma arquiteta e um fiscal de obras, ambos com funções na Câmara Municipal de Torres Novas, mediante contrapartidas económicas, facilitavam requerimentos ou fiscalizações de operações urbanísticas da empresa de fiscalização de obras e projetos de arquitetura de que era responsável o terceiro arguido.

Os factos em investigação ocorreram entre setembro de 2018 e novembro de 2022.



Após o interrogatório judicial, foram aplicadas aos arguidos as medidas de coação de proibições de contactos entre os arguidos e entre eles e outros intervenientes processuais. Foi aplicada ainda aos arguidos funcionários da autarquia a suspensão de funções no âmbito do pelouro do urbanismo e do Gabinete Único de Requalificação Urbana.

A investigação prossegue sob a direção do Ministério Público da 2ª secção de Tomar do DIAP de Santarém, coadjuvado pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária.


153 visualizações0 comentário

onde comer

telefonesuteis.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg
bannered.png
Banner Riomagic.jpg
bottom of page