• Comercio Noticias

HOMEM QUE ESFAQUEOU MÉDICO EM PENICHE FICA PROIBIDO DE CONTACTAR COM A VÍTIMA

O Ministério Público do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Leiria deduziu acusação contra um arguido, de 64 anos, pela prática do crime de ofensa à integridade física qualificada, contra um médico do Serviço Nacional de Saúde e agravado pelo uso de uma arma branca.

A Procuradoria da Comarca de Leiria refere que “o arguido está acusado de, no dia 25 de fevereiro de 2019, no Centro Hospitalar do Oeste, em Peniche, ter empunhado uma faca de mato, espetando-a, por duas vezes, na coxa direita de um médico que ali se encontrava, no exercício das suas funções, desferindo-lhe, ainda, um golpe com o cabo da faca, na face”.

A mesma fonte salienta ainda que “na sequência de exame pericial realizado, o arguido foi considerado inimputável perigoso, por sofrer, à data dos factos, de anomalia psíquica que o impedia de avaliar a ilicitude da sua conduta e de se determinar, com essa avaliação, a existência de fundado receio de voltar a praticar factos semelhantes, incorrendo, por isso, na aplicação de uma medida de segurança”.

O arguido ficou então sujeito à medida de coação de proibição de contactar com o médico ofendido.

O inquérito foi dirigido pelo Ministério Público do DIAP de Leiria, com a coadjuvação da PSP de Peniche.


0 visualização

1/9

1/9

1/7

onde comer

1/6

Periodicidade: Diária

8/15/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias