• comercioenoticias

HOMEM DETIDO NA LOURINHÃ POR SER SUSPEITO DE ATEAR INCÊNDIO A HABITAÇÃO DEVOLUTA


A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, identificou e deteve um homem, de 32 anos de idade, por fortes indícios da prática de crime de incêndio, ocorrido no passado fim de semana, em Moledo, concelho da Lourinhã.

A investigação esclareceu que o detido, após uma noite de diversão e já alcoolizado, quando se deslocava para casa, decidiu incendiar uma habitação devoluta sita na mesma rua, por ser pertença de um seu conhecido, com o qual tem divergências e conflitos há vários anos.

Apurou-se, também, que, em 2018, o ora detido já tinha incendiado um outro imóvel, propriedade do mesmo ofendido, situado na mesma artéria.


PUB.


A residência incendiada era constituída por dois andares, sendo o piso superior sustentado por madeiras, o qual acabou por ruir.

O incêndio só não tomou proporções de maior relevo devido a rápida atuação dos bombeiros, a qual afastou o perigo de alastramento a outras habitações, todas com estruturas de telhado em madeira.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo ficado sujeito à medida de coação processual de apresentações semanais às autoridades.


PUB.


68 visualizações

1/9

1/10

1/6

1/8

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

10/1/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias