top of page

Periodicidade: Diária

2/28/2024

  • comercioenoticias

GNR REALIZOU-SE OPERAÇÃO “TRIBUTO I”


A Guarda Nacional Republicana, anteontem, dia 23 de fevereiro, realizou uma operação de fiscalização e controlo intensivo de mercadorias em todo o território nacional, com incidência nos principais eixos da rede viária nacional, com o objetivo de prevenir, descobrir e reprimir situações de infração e fraude tributárias.

Foram estabelecidos como alvos preferenciais da operação, os veículos de mercadorias em geral e os veículos automóveis ligeiros, visando nomeadamente o controlo dos documentos de transporte e faturação, de mercadorias sujeitas a Impostos Especiais sobre o Consumo (IEC), designadamente, Imposto sobre os Produtos Petrolíferos e Produtos Energéticos (ISP), Imposto sobre o Tabaco (IT) e Imposto sobre o Álcool e Bebidas Alcoólicas (IABA) e Imposto sobre o valor acrescentado (IVA), bem como a regular condição dos veículos de matrícula estrangeira em circulação no território nacional.



No decorrer da operação, os militares da GNR fiscalizaram 1 312 viaturas e dez empresas e/ou estabelecimentos comerciais, culminando na detenção de um indivíduo por condução sem habilitação legal. Da ação resultou ainda a apreensão de um veículo por excesso de tempo de permanência em território nacional (com matrícula estrangeira) e foram elaborados diversos autos de contraordenação, destacando-se:

· 180 autos de notícia no âmbito do regime de bens em circulação, nomeadamente por falta de documentos de transporte e/ou omissões/inexatidão dos documentos de transporte;

· 150 autos de contraordenação rodoviária, dos quais se destacam: 20 por excesso de peso, nove por falta de inspeção periódica obrigatória, cinco relacionados com tacógrafos, oito por falta de inspeção periódica obrigatória, três por falta de seguro de responsabilidade civil, três por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, um por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, um no âmbito do imposto sobre veículos.

Na operação foram empenhados vários meios e militares da Unidade de Acção Fiscal e dos Comandos Territoriais dos Açores, Madeira, Setúbal, Leiria, Santarém, Porto, Braga, Viana do Castelo, Faro, Viseu, Beja, bem como do Comando Metropolitano de Portalegre e Évora da Polícia de Segurança Pública (PSP).

A Guarda Nacional Republicana, ciente do seu efeito dissuasor e preventivo, garante que irá prosseguir e intensificar este tipo de operações, no âmbito do combate à economia paralela e às práticas de Fraude e Evasão Fiscais.




481 visualizações0 comentário

onde comer

telefonesuteis.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg
bannered.png
Banner Riomagic.jpg
bottom of page