• comercioenoticias

GNR DETETOU CORTE ILEGAL DE SOBREIROS NO CONCELHO DE TORRES VEDRAS


O Comando Territorial de Lisboa, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Torres Vedras, no dia 23 de junho, detetou o corte rente de sobreiros, no concelho de Torres Vedras.

No decorrer de uma ação de patrulhamento, os elementos do NPA detetaram que estavam a ser arrancadas várias árvores, através de maquinaria agrícola industrial. No decorrer das diligências policiais, apurou-se que tinham sido cortados sobreiros adultos, tendo sido elaborado um auto de contraordenação por falta de autorização, uma infração punível com coima até 150 mil euros. Foi ainda identificado um homem de 40 anos.


PUB.


O corte ou arranque das espécies de azinheira e sobreiro em povoamento ou isolados, carece de autorização prévia, uma vez que estas espécies incluem alguns dos biótopos mais importantes ocorrentes em Portugal continental em termos de conservação da natureza. Desempenham assim uma importante função na conservação do solo, na regularização do ciclo hidrológico e na qualidade da água. Têm ainda um elevado interesse económico a nível local, desempenhando um papel fundamental na produção animal, nomeadamente destinada a produtos tradicionais.


PUB.


207 visualizações0 comentário

1/8

1/9

1/7
Lino Martins - site
Lino Martins - site

Bicharada - Site
Bicharada - Site

Lino Martins - site
Lino Martins - site

1/9
Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

Extreme Peste - Site
Extreme Peste - Site

1/8

onde comer

1/10
telefonesuteis.jpg

Periodicidade: Diária

8/2/2021

coronavirus.jpg
bannered.png
NOVO SANTA CASA - COVID.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg