• comercioenoticias

GNR DETÉM UM HOMEM E CONSTITUI ARGUIDO UM OUTRO POR VIOLÊNCIA DOMÉSTICA


Militares da GNR do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) e do Posto Territorial da Chamusca, nos dias 5 e 6 de novembro, detiveram um homem de 46 anos e constituiram arguido outro de 54 por violência doméstica, em duas situações distintas, nos concelhos de Almeirim e Chamusca.

No caso de Almeirim, os militares apuraram que o suspeito infligiu violência psicológica de forma reiterada, durante cerca de 29 anos, contra os seus pais, vítimas estas especialmente vulneráveis em razão da idade de 82 anos e com problemas de saúde.

O suspeito sempre viveu com os pais e na dependência económica deles, extorquindo-lhes dinheiro diariamente através de ameaças de morte para colmatar a sua adição alcoólica e de estupefacientes.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Santarém no dia 5 de novembro, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de contacto com as vítimas por qualquer meio, 24 horas para abandonar a residência comum e sujeição a tratamento de álcool e drogas.


PUB.


No caso da Chamusca, os militares apuraram que o suspeito exercia violência psicológica através de ameaças com recurso a armas de fogo à sua mulher, de 53 anos.

No seguimento das diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária que culminou na apreensão de duas armas de ar comprimido, três catanas, um machado, duas facas do mato, uma navalha e vários projéteis em chumbo.

O suspeito foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal de Santarém.

Esta ação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Torres Novas.


PUB.


193 visualizações

1/9

1/9

1/8

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

11/30/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias