• comercioenoticias

GNR APREENDEU EM ALENQUER UM CÃO DE RAÇA POTENCIALMENTE PERIGOSA


Militares da GNR do Núcleo de Proteção Ambiental de Alenquer, no dia 28 de março, identificaram um homem de 33 anos, por posse de um cão de raça potencialmente perigosa em situação irregular, no concelho de Alenquer.

Na sequência de uma denúncia que reportava a existência de um cão de raça potencialmente perigosa, sem qualquer tipo de documentação e identificação, os militares deslocaram-se à residência do proprietário onde se encontrava um Staffordshire Terrier Americano.

O animal, sem documentação nem identificação, como é exigido por lei, foi apreendido, tendo o proprietário sido nomeado como fiel depositário.

A GNR elaborou um auto de notícia por contraordenação com uma coima que no valor máximo pode ir até aos 43.740 euros.

O auto foi remetido para a Direção Serviços de Alimentação e Veterinária da Região de Lisboa e Vale do Tejo, para a respetiva instrução do processo contraordenacional.

169 visualizações

1/9

1/9

1/8

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

11/30/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias