• comercioenoticias

FOI DETIDO EM FRANÇA UM HOMEM QUE MATOU IDOSA NO DECORRER DE UM ASSALTO


A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, em inquérito dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Santarém, no dia 27 do corrente mês de dezembro, acompanhou a extradição de um suspeito, fortemente indiciado pela autoria de um roubo agravado, que vitimou duas mulheres, uma das quais viria a falecer em consequência das lesões sofridas.

O caso remonta à madrugada de 20 de maio de 2013, numa residência em Chainça – Abrantes, tendo o assaltando arrombado a porta da habitação e atacado duas irmãs, na altura com 83 e 89 anos de idade, acabando por roubar 140 euros em dinheiro e quatro pequenos objetos em ouro.

As diligências de investigação desenvolvidas, envolvendo meios periciais científicos, permitiram identificar o presumível autor dos crimes, contudo, o suspeito fugiu do território nacional, antes de ser identificado e intercetado pela investigação, pelo que foi emitido Mandado de Detenção Europeu.

No final do passado mês de novembro, mais de 6 anos após a ocorrência dos factos, o suspeito viria a ser localizado, pelas autoridades policiais francesas em estreita articulação com a Polícia Judiciária, em Marselha, cidade onde estava a residir após ter passado por vários locais de França, no decorrer da fuga.

O detido, de 58 anos de idade, foi presente ao tribunal de turno da Comarca de Santarém, sendo-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

145 visualizações

1/9

1/10

1/7

1/8

1/9

onde comer

1/5

Periodicidade: Diária

9/24/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias