• comercioenoticias

FICA EM PRISÃO PREVENTIVA O EMPRESÁRIO DE ABRANTES QUE AGREDIU AUTARCAS

Atualizado: 24 de Dez de 2020


O conhecido empresário abrantino Jorge Ferreira Dias vai ficar em prisão preventiva a aguardar julgamento, após o juiz de Instrução criminal do Tribunal de Santarém lhe ter decretado hoje a medida de coação mais gravosa.

Recorde-se que o ex-empresário do ramo da construção civil, de 64 anos de idade, interrompeu ontem, 22 de dezembro, a reunião ordinária da Câmara Municipal de Abrantes, que decorria no Edifício Pirâmide, e munido de um pau agrediu o presidente da autarquia, Manuel Jorge Valamatos, e o seu vice-presidente, João Gomes.

Jorge Ferreira Dias, que acabou detido na altura pela PSP, para além das agressões e de ter danificado diverso material proferiu ainda algumas ameaças dizendo que queria ver o seu assunto resolvido. O antigo empresário chegou mesmo a dizer que iria voltar aquele local com uma granada em cada mão.


PUB.


O ex-empresário responsabiliza a Câmara Municipal de Abrantes pela falência das suas empresas, numa altura em que a presidente era Maria do Céu Antunes Albuquerque, atual ministra da Agricultura. Jorge Ferreira Dias pedia uma indemnização a rondar os seis milhões de euros por perdas e danos, mas o Tribunal de Leiria em 2019 considerou “totalmente improcedente a ação de Jorge Ferreira Dias, por inexistência de facto ilícito e culposo”, absolvendo então a autarquia das acusações do ex-empresário.

Jorge Ferreira Dias foi já hoje conduzido ao estabelecimento prisional de Leiria, onde irá aguardar julgamento.


PUB.






795 visualizações0 comentário

1/8

1/9

1/4

1/7

1/8

onde comer

1/10

Periodicidade: Diária

4/19/2021

coronavirus.jpg
bannered.png

©2021 por Comércio & Notícias