top of page

Periodicidade: Diária

2/25/2024

  • comercioenoticias

EXECUTIVO MUNICIPAL DE PORTO DE MÓS VISITOU A FREGUESIA DE SERRO VENTOSO



A ronda de visitas às freguesias do concelho, no âmbito das reuniões de câmara públicas descentralizadas, continua. Desta vez, foi Serro Ventoso que recebeu a comitiva da Câmara Municipal, acompanhada pelo Presidente da Junta de Freguesia, Carlos Cordeiro.

A Sede da União dos Agricultores do Distrito de Leiria, presidida por Joaquim Avelino, localizada na freguesia, foi um dos pontos obrigatórios da visita. O crescente abandono da atividade é um fator de preocupação que se justifica pela dificuldade em escoar os produtos e, sobretudo, em competir contra as grandes superfícies. Para dar solução a estas questões, a Junta de Freguesia fez uma candidatura ao PDR2020, no valor de 35 000€, no âmbito dos Mercados Locais, que se concretizará na realização de um mercado mensal, a ocorrer no primeiro sábado de cada mês, junto ao Largo do Salão Paroquial, reunindo diversos produtores locais e proporcionando aos consumidores a oportunidade de comprarem produtos hortícolas diretamente ao produtor, sem intermediários. Por outro lado, o presidente da autarquia, Jorge Vala, refere que também o município está empenhado em promover as cadeias curtas. Deste modo, está em curso um projeto que visa manter o Mercado Municipal de Porto de Mós aberto todos os dias, para que os produtores locais possam ter um local de venda permanente e, por outro, se possa alargar a possibilidade de venda a mais pessoas. Neste sentido, é ainda necessário que o “mercado se torne sexy e apelativo”, e assim se torne um local apetecível para fazer compras. 



A visita seguiu, depois, em direção à SENDIGA – Clube de Caçadores, que tem vindo a desenvolver um trabalho fundamental no controlo das espécies, nomeadamente, no controlo da população de javalis que é, neste momento, um dos maiores entraves à produção agrícola, devido à destruição das culturas. Apesar do papel determinante que os grupos de caça desempenham nos ecossistemas, ao contrário do que se possa pensar, estas associações deparam-se com custos de licença avultados, legislação desfasada da realidade e uma redução crescente de associados. Aqui, a relação proveitosa entre a autarquia e ICNF, assim como o apoio pontual da equipa de sapadores, são algumas das soluções propostas para atenuar os problemas que, em última instância, têm consequências diretas no desenvolvimento agrícola da região.

O périplo pela freguesia incluiu, ainda, a visita à Casa Paroquial que será brevemente intervencionada para dar lugar a um Centro Comunitário, à obra de alargamento da estrada da Sobreira, que envolve a construção de muros em pedra e a requalificação da fonte centenária e ainda a identificação de pontos que necessitam de guardas de proteção, na Estrada de Casais do Chão. Aí, o grupo seguiu para o Salão Paroquial para conhecer as obras recentemente realizadas. 

No campo turístico, destaque para a visita à Mina de São Pedro, na Bezerra, onde o objetivo é construir um centro interpretativo e fazer arranjos no local, de modo a tornar o espaço visitável.

O percurso terminou no Parque de Caravanismo da Bezerra, que terá brevemente obras de melhoramento.

O dia terminou com a realização da reunião de câmara pública, na sede da Junta de Freguesia, onde o Presidente Carlos Cordeiro, apresentou a intenção de promover um Curso de Escultura em Pedra que poderá culminar na criação de um espaço interativo e de lazer.


 

 

 

 

79 visualizações0 comentário

onde comer

telefonesuteis.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg
bannered.png
Banner Riomagic.jpg
bottom of page