• comercioenoticias

EXECUTIVO MUNICIPAL DE AZAMBUJA CUMPRIU CAMINHADA PELO ENCERRAMENTO DO ATERRO


O Executivo Municipal de Azambuja cumpriu, na manhã desta quinta-feira, 12 de novembro, uma caminhada simbólica de protesto contra o aterro existente à entrada da sede de concelho. O Presidente da Câmara e os Vereadores foram acompanhados por três elementos do MOAA-Movimento de Oposição ao Aterro de Azambuja, tendo partido da Praça do Município com destino à entrada das instalações do aterro da empresa Triaza. Todos os participantes, mesmo em número reduzido, cumpriram o melhor possível as regras sanitárias de combate à pandemia.

Nesta iniciativa, com a participação dos sete eleitos, o Presidente e os Vereadores mostraram, uma vez mais, a sua solidariedade para com a população no objetivo de resolver o problema ambiental que afeta Azambuja, em particular, e todo o concelho, em geral. Refira-se que esta ação dos membros do Executivo está associada à campanha lançada pelo MOAA-Movimento de Oposição ao Aterro de Azambuja que, devido às restrições impostas no quadro da pandemia Covid-19, convida toda a população a fazer a caminhada em pequenos grupos em dias e horas diversos, mas que sejam muitos a demonstrar a seu descontentamento face à situação.


PUB.


Mais do que um ato simbólico, esta caminhada fica registada como mais uma prova efetiva e pública do empenhamento do Executivo Municipal nesta causa. Neste contexto, o Município congratula-se com a mobilização da população na consulta pública, relativa ao pedido de renovação da licença do aterro, que terminou no passado dia 10 e que contou com cerca de uma centena de participações no portal ‘participa.pt’.

Aguarda-se, com expectativa, o resultado deste processo de consulta pública, confiando a autarquia que as opiniões ali expressas sejam um contributo para que as autoridades competentes tomem a decisão de não renovar a licença de exploração do aterro e que ele encerre a sua atividade.


PUB.




61 visualizações

1/9

1/9

1/8

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

11/23/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias