• comercioenoticias

ESPETOU FACA NO PESCOÇO DO IRMÃO DEFICIENTE MENTAL APÓS SER ATINGIDO POR UMA GARRAFA DE VIDRO


Um homem de 31 anos de idade foi esta terça-feira, 26 de janeiro, presente a primeiro interrogatório judicial, indiciado da prática de um crime de homicídio, na forma tentada, cometido na pessoa do seu irmão.

O episódio registou-se no último domingo, dia 24, na residência onde o arguido habitava, juntamente com a vítima e os seus progenitores, sendo a vítima é portadora de deficiência mental e o arguido consumidor de estupefacientes.

Segundo a Procuradoria da República da Comarca de Leiria, “após uma discussão familiar, na sequência da qual a vítima atingiu o arguido com uma garrafa de vidro, este muniu-se de uma faca de cozinha, com 12 cm de lâmina e espetou-a no pescoço do irmão, assim lhe provocando uma ferida perfurante na face, sabendo que lhe poderia causar a morte”.


PUB.


O Juiz de Instrução Criminal de Leiria determinou que o arguido aguardasse os ulteriores termos do inquérito sujeito às medidas de coação de proibição de frequentar ou permanecer na residência dos pais e do irmão ou nas imediações desta e de contactar, de forma presencial, com qualquer deles, bem como de sujeição a tratamento à toxicodependência de que padece, em instituição adequada.

O arguido foi detido em flagrante delito, pela PSP da Esquadra da Marinha Grande.

A investigação prossegue sob a direção do Ministério Público da 1.ª Secção do DIAP de Leiria, com a coadjuvação da PJ – DIC de Leiria.


PUB.


826 visualizações0 comentário

1/8

1/9

1/4

1/7

1/8

onde comer

1/10
telefonesuteis.jpg

Periodicidade: Diária

5/13/2021

coronavirus.jpg
bannered.png
Centro Médico de Rio Maior.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg