Periodicidade: Diária

10/3/2022

  • comercioenoticias

EQUIPA DE CICLISMO CRP RIBAFRIA TERMINA EM 3.º LUGAR NA VOLTA AO DOURO

Atualizado: 6 de abr.


A equipa de ciclismo Grupo Parapedra – Dinazo – Riomagic que representa o CRP Ribafria, deslocou-se este fim de semana ao Douro, para participarem na Volta ao Douro 2022.

Prova federada, composta por três etapas em linha e onde marcaram presença cerca 130 ciclistas de 18 equipas nacionais.

A equipa do CRP Ribafria deslocou-se a esta prova com 8 atletas da sua formação (João Letras, Jorge Letras, Gonçalo Filipe, João Camocho, Pedro Dias, Paulo Simões, Hélder Pereira e Humberto Pereira).

A primeira etapa, no dia 2 de abril, entre Favaios e Mesão Frio, decorreu sempre a um ritmo elevado, e com uma chegada depois de uma subida, onde a equipa do CRP Ribafria viria a terminar com dois atletas nos 10 primeiros lugares, João Letras em 5º e Paulo Simões em 6º, tendo Paulo Simões passado a envergar a camisola laranja, líder Master 40.

A segunda etapa, teve início pelas 16 horas do mesmo dia, com saída de Mesão Frio e chegada a Armamar. O início foi novamente a um ritmo elevado, com a equipa do CRP Ribafria a atacar desde início, conseguindo vencer a meta volante da etapa e o primeiro prémio de montanha. A chegada desta vez foi em alto, a qual teve início numa dura subida de 8 km de extensão, que mais uma vez fracionou o pelotão, reduzindo o grupo de atletas pela discussão da vitória da etapa a 12 elementos. Paulo Simões do CRP Ribafria cortou a meta em 2º lugar e João Letras em 7º Lugar. João Letras conquistou e vestiu a camisola verde, líder das metas volantes e Paulo Simões continuou com a laranja, líder Master 40.


PUB.


A última etapa e a mais dura da volta ao Douro, com uma distância de cerca de 110 km, decorreu no dia 3 de abril, com início pelas 10 horas em Sabrosa e chegada a S. J. da Pesqueira. A equipa do CRP Ribafria controlou o pelotão nos primeiros 10 km, até a meta volante da etapa, com João Letras a vencer a mesma. Após a passagem da meta volante, deu-se uma fuga de 4 atletas que alcançaram uma diferença de cerca de 1m30s para o pelotão.

A equipa do CRP Ribafria em clara desvantagem de situação de corrida, assumiu a perseguição aos fugitivos, a qual foi anulada a faltar cerca de 30 km para a meta.

Nos quilómetros finais, houve vários ataques e contra-ataques, da equipa do CRP Ribafria e da equipa líder, com um atleta no último quilómetro a conseguir ganhar uns segundos de vantagem e a cortar a meta isolado. João Letras foi o 3º classificado da etapa.

No final da Volta ao Douro, a equipa do CRP Ribafria – Grupo Parapedra / Dinazoo / Riomagic terminou no 3º lugar por equipas, colocou dois ciclistas nos 10 primeiros lugares, 5º e 6º lugar da geral, venceu a camisola verde, venceu a camisola laranja e obteve o 3º lugar de elites.

“Não conseguimos vencer na geral, mas os nossos atletas dignificaram a nossa camisola, estando sempre na luta e em destaque na competição”, revelou o diretor geral da equipa, Rui Medina, que endereçou os parabéns aos vencedores, “estiveram muito fortes”, concluiu.


PUB.


157 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/8

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/10

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/5

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/11
telefonesuteis.jpg
bannered.png
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg