• comercioenoticias

EMPRESÁRIO RIOMAIORENSE MARCO GALINHA QUER COMPRAR A TVI


Dono do Grupo Bel juntou-se ao fundo Apollo e ao Prozis Group para fazer uma oferta de compra da Media Capital

Um mês após o Grupo Cofina ter retirado a oferta de aquisição da estação televisiva TVI, o empresário riomaiorense Marco Galinha, proprietário do Grupo Bel, juntamente com mais dois parceiros, avançou com uma proposta para a compra do Grupo Media Capital.

A Marco Galinha juntaram-se Gustavo Guimarães, representante do fundo de private equity norte-americano Apollo, bem como o grupo especializado em alimentação para desporto Prozis. “Como empresário e grupo empresarial português estamos interessados neste dossier, sobre tudo o mais não posso falar”, frisou Marco Galinha que acrescentou ainda: “Temos acordos de confidencialidade não posso mesmo dizer mais”.

Segundo o jornal Público, a proposta avançada pelos empresários será inferior aos 250 milhões de euros oferecidos pela Cofina, sendo financiada pelo Novo Banco, pelo Millennium BCP e pelo espanhol BBVA. Esta é a quarta tentativa de compra da TVI, depois do grupo Ongoing, da Altice e da Cofina que avançaram com propostas firmes. Apenas a da Cofina teve luz verde dos vários reguladores, tendo falhado na reta final por não terem concretizado, por 3 milhões, o aumento de capital, uma das condições da oferta.

Marco Galinha é acionista do Jornal Económico e participou no programa televisivo da SIC "Tubarões", a versão portuguesa do "Shark Tank".

O empresário começou a gerar riqueza na área do software e, mais tarde, construiu um império nas máquinas de distribuição, principalmente de tabaco, sendo atualmente o líder deste setor.

Tem cerca de seis mil máquinas automáticas de tabaco, comida e bebidas, que lhe permitem alcançar uma faturação que ultrapassa os 450 milhões de euros em vendas, e um lucro por volta dos três milhões de euros.


PUB.


Marco Galinha, natural de Rio Maior, é o sétimo de oito irmãos, tendo vivido a sua infância e adolescência na Benedita, concelho de Alcobaça.

Desde cedo que se destacou na prática de desporto de alta competição tendo sido Campeão Nacional de Downhill em 1995. Ingressa, em 1996, no Instituto Superior Técnico em Engenharia Informática, optando por não terminar a licenciatura para fundar, aos 20 anos, a sua primeira empresa – a Bel Network Solutions – dedicada ao desenvolvimento de software.

Em 2007, ingressa na Harvard Business School para se especializar em Marketing e Gestão.

É distinguido, em 2011, como jovem empresário do ano pelo jornal “Região de Leiria” e, em 2014 e 2016, é nomeado “Português de Valor” pela Lusopress. Em 2015, recebe a AFCEA Medal – Associação para as Comunicações, Electrónica, Informações e Sistemas de Informação para Profissionais – “for Outstanding Services”.

Torna-se, em 2018, através do Grupo Bel, acionista de referência das empresas Active Space Tecnhologies S.A., Active Space Automation Lda, Active Aerogels Lda e Traveltix Lda, dedicadas a áreas de negócio como o espaço, a indústria e os transportes e torna-se também acionista da Megafin – Sociedade Editora S.A., detentora da marca Jornal Económico.

Em 2019 adquire a empresa Metalúrgica Luso-Italiana S.A., dedicada ao sector da indústria e detentora da marca Zenite, e consolida a sua posição na área da distribuição com a aquisição da empresa Augusto Duarte Reis, S.A..

Marco Galinha exerceu o cargo de Conselheiro no CES – Conselho Económico Social (2016-2019), de Vogal na CIP – Confederação Empresarial de Portugal (2016-2019) e de Vice-Presidente da ANJE- Associação Nacional de Jovens Empresários (2016-2019). Em 2016 participou no programa da SIC, Shark Tank, como um dos ‘tubarões’.

Atualmente exerce o cargo de CEO e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Bel S.A., fundado por si em 2001.


PUB.


5,563 visualizações

1/9

1/10

1/4

1/7

1/7

onde comer

1/10

Periodicidade: Diária

6/1/2020

bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias