top of page

Periodicidade: Diária

1/27/2023

  • comercioenoticias

EM 20221 ABRANTES FOI CONSIDERADO UM DOS SETE MELHORES MUNICÍPIOS DO PAÍS EM EFICIÊNCIA FINANCEIRA


O “Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses”, referente ao exercício económico do ano 2021, posiciona o Município de Abrantes num confortável 2º lugar, no ranking global dos 100 melhores municípios de média dimensão, sendo o melhor posicionado do distrito de Santarém.

Abrantes é um dos sete municípios do país que obtiveram pontuação igual ou superior a 80% no ‘ranking’ global do Anuário que analisa o desempenho dos 308 municípios portugueses. Três desses municípios são considerados de grande dimensão (Sintra, Santa Maria da Feira e Maia), dois de média dimensão (Marinha Grande e Abrantes) e dois de pequena dimensão (Santana – Madeira – e Grândola).

De acordo com o documento editado pela Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas, não se verifica a referência ao Município de Abrantes em qualquer um dos mapas de indicadores ou rácios que traduzem situações orçamentais e financeiras negativas. Acresce a referência no indicador “20 municípios com menor Passivo por habitante”, onde Abrantes aparece em 6º lugar com um valor de 100,60€ (a média é de 625,00€/habitante).

Quanto ao desempenho dos Serviços Municipalizados de Abrantes, mantém-se na listagem de serviços municipalizados do país com resultados económicos positivos, ocupando o 10º lugar, num total de 23 entidades.


PUB.


As classificações compiladas refletem a gestão rigorosa e transparente das contas da autarquia, desenvolvida pelo Executivo, mas também pelos técnicos do Município, em proveito da execução de políticas com vista à melhoria da qualidade de vida dos munícipes e das instituições concelhias.

Para o Presidente da Câmara, o posicionamento de Abrantes com melhor nível satisfatório de eficácia e eficiência financeira deve-se ao equilíbrio “entre investimento, despesas e receitas”, e, sublinha, “é relevante por se reportarem a um ano particularmente exigente” motivado pela implementação de medidas extraordinárias de apoio às famílias, às instituições e às empresas locais, para minimizar os efeitos da pandemia COVID-19. “São resultados que nos deixam muito satisfeitos, mas também nos responsabilizam a continuar a gerir a autarquia da forma equilibrada e sustentável, de acordo com regras e normas financeiras”, conclui Manuel Jorge Valamatos.

O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses é, atualmente, uma referência na monitorização da eficiência do uso dos recursos públicos na administração local.

No documento são analisados e comentados os documentos de Prestação de Contas dos Municípios e a informação patrimonial, económica, financeira e orçamental, agregada para a totalidade dos Municípios e por grandes grupos, atendendo à dimensão (pequenos, médios e grandes municípios), medida em número de habitantes.

No contexto dos 308 Municípios, o de Abrantes aparece incluído no grupo de municípios de média dimensão (grupo de municípios com população >20.000 habitantes e menor ou igual a 100.000 habitantes).


PUB.


25 visualizações0 comentário

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

press to zoom
Lino Martins - site
Lino Martins - site

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

onde comer

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
telefonesuteis.jpg

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/9
314012987_493269782858541_8091892627052110800_n.jpg
Gina Morais.png
RIOGRAFICA.jpg
bannered.png
bottom of page