• comercioenoticias

DOIS DETIDOS POR PESCA ILEGAL DE MEIXÃO NA FOZ DO RIO ALCOA

O Comando Territorial de Leiria, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Caldas da Rainha, nos dias 13 e 14 de novembro, deteve dois homens de 43 e 45 anos, por pesca ilegal de meixão, na Praia do Salgado, Foz do Rio Alcoa - Famalicão, concelho de Nazaré.

No âmbito de uma ação de fiscalização à captura ilegal de meixão, os militares detetaram os suspeitos no momento em que pescavam a referida espécie, através do manuseamento de uma arte de pesca denominada por “capinete”.

Desta ação resultou a apreensão de duas artes de pesca e de 393 gramas de meixão, que correspondem a mais de 700 espécimes, com um valor estimado de 200 euros no mercado nacional, podendo, no mercado final (países Europeus e Asiáticos), atingir o valor de mais de 2.700 euros.

A enguia europeia (anguilla anguilla), que na fase larvar é conhecida por meixão, é uma espécie considerada em perigo e que tem sofrido grande redução no número de efetivos em razão da pesca ilegal, impedindo desta forma o normal ciclo de reprodução, colocando em causa a sustentabilidade da espécie.

O meixão apreendido, por ainda se encontrar vivo, foi devolvido ao seu habitat natural e a arte de pesca devidamente destruída.

Os suspeitos foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Nazaré.



38 visualizações

1/9

1/9

1/8

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

12/4/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias