• comercioenoticias

DEPRESSÃO BÁRBARA TRAZ CHUVA FORTE E TROVOADA


Devido à previsão de mau tempo, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil lançou um alerta à população.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) treze distritos de Portugal continental vão estar hoje, 19 de outubro, sob aviso laranja devido à previsão de chuva forte e trovoada, estendendo-se depois na terça-feira a todos os 18 distritos na sequência da passagem da depressão Bárbara.

Portugal continental vai estar sob o efeito da depressão Bárbara, a partir da tarde desta segunda-feira e até ao final de terça-feira, que dará origem a precipitação forte, aumento da intensidade do vento com rajadas até 100 quilómetros por hora e até 130 quilómetros por hora nas terras altas e agitação marítima, em especial na costa da região sul.

Devido à previsão de mau tempo, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) lançou um alerta à população e recomendou a adoção de comportamentos adequados à situação meteorológica.


PUB.


De acordo com o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Porto, Aveiro, Braga, Vila Real, Bragança, Viseu, Coimbra, Guarda, Castelo Branco, Leiria, Santarém e Lisboa vão estar sob aviso laranja entre as 18:00 de hoje e as 03:00 de terça-feira devido à previsão de chuva forte e persistente e vento forte.

Até às 18:00 de hoje todos os distritos do continente estão sob aviso amarelo e a partir desta hora 13 passam a laranja. Na terça-feira, todos os distritos vão estar sob aviso laranja devido à chuva e vento fortes.

Poderão ocorrer os seguintes efeitos:

· Possibilidade de inundações rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;

· Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis;

· Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;

· Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água;

· Danos em estruturas montadas ou suspensas;

· Possibilidade de queda de ramos ou árvores;

· Deslizamentos de terra causados por instabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência.


PUB.


119 visualizações

1/9

1/9

1/8

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

11/26/2020

coronavirus.jpg
bannered.png

©2020 por Comércio & Notícias