• comercioenoticias

CONCELHO DE RIO MAIOR REGISTOU HOJE 36 NOVOS CASOS DE COVID-19


Esta terça-feira, 5 de janeiro, fica marcada por mais um aumento exponencial de casos de Covid-19 no concelho de Rio Maior, tendo sido hoje reportados 36 novos casos, o que faz com que haja agora 231 casos ativos, num dia em que há registo também de mais 9 pessoas recuperados.

Saliente-se que nos últimos 14 dias o concelho de Rio Maior registou 237 novos casos, números que na próxima avaliação do Governo, a realizar esta quinta-feira, irão colocar Rio Maior nos concelhos de risco extremamente elevado, o mais gravoso de todos.

Entretanto, Filipe Santana Dias, Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, revelou que a Comissão Municipal da Proteção Civil irá reunir, uma vez mais, amanhã para analisar a situação e tomar as medidas que achar adequadas.

No concelho de Rio Maior até ao momento foram reportados 741 casos de Covid-19, sendo que destes 494 estão já recuperados, 231 mantém a infeção ativa e 16 acabaram por falecer, 14 deles idosos.

Segundo o Agrupamento dos Centros de Saúde da Lezíria no concelho de Rio Maior encontram-se hoje 112 pessoas em vigilância ativa, menos 81 comparativamente ao dia de ontem.


PUB.


Dos 21 concelhos do Distrito de Santarém apenas três têm mais casos ativos do que Rio Maior, são eles Ourém (351), Torres Novas (329) e Santarém (259).

Santarém é o concelho da Lezíria do Tejo com mais casos ativos (259), segue-se o concelho de Rio Maior (231), Salvaterra de Magos (67), Cartaxo (54), Almeirim (49), Alpiarça (42), Coruche (40), Chamusca (37) e Golegã (28).

No distrito de Santarém o número de casos de Covid ascende já os 11 mil casos, sendo que cerca de dois mil e quinhentos se mantém ativos. Até ao momento há a lamentar 283 óbitos no distrito.

A nível nacional registo hoje para mais 90 vítimas mortais e 4.956 novos casos. Há também hoje mais 4.691 recuperados.


PUB.


2,673 visualizações0 comentário

1/10

1/9

1/7

1/7

1/6

onde comer

Periodicidade: Diária

1/20/2021

coronavirus.jpg
bannered.png

©2021 por Comércio & Notícias